150402 Blog

11 Segredos sobre o Congelamento de Alimentos

Ao congelar os alimentos, você tem em mãos algumas frutas e legumes que estão fora da época. Você pode adquiri-los em sua época habitual, quando estão mais baratos e mais deliciosos, e em seguida congelá-los, para poder preservá-los e desfrutá-los durante todo o ano, não apenas durante a época correspondente. Particularmente, é possível comer conservas de vez em quando, mas com alguns segredinhos simples que iremos lhe revelar logo mais você irá elevar o seu conhecimento sobre congelamento de alimentos para um novo nível.

Há uma razão para isso. Eu acho que algumas coisas são mais fáceis para preservar ao serem congeladas, como as frutas vermelhas. E outros produtos é melhor serem consumidos frescos, porém a qualidade é um pouco melhor quando é feito o congelamento em vez de conservas. Além disso, devo confessar: Eu não gosto de legumes enlatados tanto assim. Então, o congelamento é bem melhor!

Porém é preciso lembrar que se deve lavar e higienizar adequadamente cada alimentos. Tal como acontece com as conservas, o congelamento de alimentos requer um pouco de planejamento e de equipamentos adequados. Enquanto as conservas dependem de calor para matar os microrganismos, que, em seguida, acaba destruindo também o valor nutricional, o congelamento retarda o crescimento de bactérias e diminui o trabalho das enzimas, o que mantém o alimento preservado. Isso não quer dizer que os alimentos congelados não sejam tão seguros quanto os alimentos enlatados. É apenas uma maneira diferente de fazer obter o mesmo resultado: a conservação do alimento.

A grande vantagem do congelamento de alimentos é que ele acaba ficando muito mais fresco e contém mais nutrientes do que os alimentos enlatados.

Mas há um outro detalhe também. A textura dos legumes e frutas ao serem descongelados pode ser indesejável. No processo de congelamento, a água no interior das frutas e legumes se transforma em gelo. Quando isso acontece, o alimento se expande fazendo com que as paredes celulares estourem. Isso pode acontecer também com alimentos de textura pastosa quando descongelados.

Mas existem procedimentos que você pode tomar para garantir que as frutas e vegetais mantenham a ótima qualidade mesmo depois de congelados – semelhantes às que você compra no supermercado. E por isso nós vamos revelar todos esses truques e segredos para vocês.

Primeiro vamos falar sobre os materiais que você vai precisar antes de começar:

Segredo #1: Reúna os materiais

Uma ótima coisa sobre o congelamento de frutas e legumes é que você realmente não precisa de equipamentos sofisticados. Sacos de congelamento serão utilizados para os produtos secos, que não envolvam o uso de xaropes ou purês. Recipientes de plástico rígido (e às vezes de vidro) e frascos serão utilizados para armazenar os alimentos líquidos ou semi-sólidos, como molhos, geléias, conservas e outros.

É possível utilizar ambos os tipos de recipientes (incluindo alguns frascos bastante impressionantes para congelar geleias) e sacos de plástico de fechamento hermético que podem ser utilizados no freezer.

Além dos recipientes, também recomendamos o uso de papel para freezer, fita adesiva que possa ser usada no freezer e caneta (que não manche) para marcação. Estes serão utilizados para o acondicionamento de determinados alimentos e para o armazenamento de longo prazo. Quanto mais tempo você armazenar os alimentos no freezer, maior serão os declínios de qualidade, mas ainda estarão perfeitamente bons para comer.

Outra coisa essencial é uma assadeira. Você irá usá-la para congelar rapidamente algumas peças individuais de um alimento inteiro ou fatiado. Logo mais você saberá melhor sobre esse processo.

Reúna todos os materiais necessários e vamos começar a preparar os alimentos. Você deve lavar bem todas as frutas e legumes, especialmente se você não planeja descascá-las, e seque-os com um papel toalha ou pano de prato bem limpo. Algumas frutas e legumes podem ser congelados inteiros, enquanto outros precisam ser descascados, retirar o caroço, e / ou serem cortados em pedaços menores. Um pouco pode ser por preferência pessoal, mas alguns alimentos ficam melhores congelados quando são cortados em pedaços menores.

 

Segredo #2: Congelamento de Frutas e Legumes Inteiros

Algumas frutas e legumes ficam melhores quando congelados inteiros, é o caso das frutas vermelhas (framboesas, morangos, mirtilos, amoras, groselhas, cranberries, etc.), banana, pimentas, feijões, aspargos, tomates e milho.

 

Segredo #3: Congelamento de alimentos cortados em pedaços ou em cubos

Os pimentões, abacate, manga, abacaxi, melão, ervilhas, cenouras, brócolis, couve-flor, frutas de caroço (pêssegos, nectarinas, ameixas, cerejas), maçãs (sim, você pode congelar maçãs!), abobrinha e abóbora.

Corte os brócolis e a couve-flor em floretes. Descasque as ervilhas, apare as pontas do feijão verde e dos aspargos. Pique ou fatie a cenoura descascada, abóbora, couve de bruxelas, e grandes folhas de espinafre, acelga e couve.

As batatas também podem ser congeladas, mas é melhor que estejam picadas. Você pode usá-las para um purê. (Nota: Eu pessoalmente não gosto de congelar batatas em casa pois a qualidade não é tão boa). Abobrinha é um outro legume com alto teor de água, que pode ser cortado ou picado e congelado, mas é melhor se for ralado.

O milho e as bananas são muito versáteis quando se trata de congelar. O milho pode ser congelado inteiro ou retirado da espiga. É super fácil e é um dos melhores legumes para congelar porque a qualidade não fica tão afetada pelas baixas temperaturas. E as bananas podem ser congeladas inteiras e com casca ou descascadas e inteiras, ou descascadas e cortadas. Elas ficam deliciosas de qualquer maneira! E você não irá resistir a adição de uma banana congelada ao seu smoothie diariamente para adoçá-lo sem precisar de açúcar.

Depois que as frutas e os vegetais tenham sido descascados, fatiados e picados, conforme a necessidade, há mais algumas etapas de preparação.

 

Segredo #4: Processo de Branqueamento

A maioria dos legumes também precisa ser branqueados antes do congelamento. O branqueamento é nada mais do que mergulhar os legumes em uma panela de água fervente, deixando-os cozinhar brevemente (por 3 a 4 minutos no máximo), e transferi-los para uma tigela grande com água com gelo para interromper o cozimento.

Por que isso é importante? Pois ajuda a manter a cor e os nutrientes, bem como matar todos os organismos que estão na superfície e que podem levar à deterioração do alimento.

O milho (embora você poderia), o tomate, a cebola, a batata doce (inclusive), e a polpa de abóbora não precisam ser branqueados. E nem as frutas.

As folhas verdes não precisam estar cozidas, mas elas também podem estar. Mas uma coisa é certa, saltear rapidamente o espinafre, por exemplo, ajuda a economizar espaços!

Também é possível fazer cubos de gelo de espinafre para adicionar aos smoothies. Você pode fazer diversos cubos para adicionar ao seu smoothie. Basta colocar um monte de folhas verdes no liquidificador com água suficiente para fazer um purê liso e congele. Super fácil!

É possível também assar alguns alimentos antes de congelá-los. Você pode fazer isso com algumas ameixas, tomates e pimentas. Faça purê, molhos ou sucos para congelá-los.

 

Segredo #5: Utilização de ácido para conservar os alimentos

Nas conservas, os alimentos são tratados com ácido cítrico, suco de limão, ou ácido ascórbico para ajudar a matar os microrganismos e evitar a descoloração. O mesmo acontece com o congelamento. Pense em todas as suas frutas favoritas que se tornam marrons após serem cortadas – banana, abacate, pêssegos e nectarinas, maçãs, etc. Apenas mergulhe-os rapidamente em um pouco de água acidificada.

Faça uma solução de 1/2 colher de chá de ácido ascórbico (encontrado na seção de conservas no supermercado) com 3 colheres de sopa de água, ou 1 colher de sopa de suco de limão fresco em 4 xícaras de água. Polvilhe ou mergulhe a fruta nesta solução e deixe secar.

 

Segredo #6: Congelamento Rápido

Primeiro vamos falar do congelamento rápido, onde começamos falando sobre como congelar os alimentos individualmente, de forma rápida. A idéia por trás disso é simples: se uma fruta / vegetal está congelado em uma única camada (inteiro ou fatiado), ele irá congelar mais rapidamente. O congelamento rápido é ótimo porque a) as frutas e os vegetais são fáceis de descongelar, se eles não estão congelados juntos em um grande pedaço, e b) a qualidade é melhor após o descongelamento.

Tudo o que você precisa é colocar tudo o que você deseja congelar em uma única camada em uma assadeira forrada. Forrada, de modo que o que você está para ser congelando não grude no fundo da assadeira. Espalhe as partes dos alimentos para que congelem uma a uma, e não em bloco.

O objetivo é congelar os alimentos o mais rapidamente possível. Ajustar a temperatura do freezer antes de colocar o alimento é uma boa idéia. Para ter certeza de que está tão frio quanto possível – deixe pelo menos a -15C ou inferior. Você também precisa ter a certeza de que há muita circulação de ar, mesmo para o congelamento, por isso é melhor não acumular um monte de sacos ou recipientes no congelador de uma só vez. Faça-o ao longo de um dia ou alguns dias.

Certifique-se de não abrir o congelador, pois o produto estará em congelamento nas assadeiras. Para que eles congelem o mais rápido possível, sem que a temperatura fique oscilando. Quando o alimento estiver congelado, transfira para recipientes ou sacos herméticos e coloque os sacos de volta no congelador.

Remova o ar que fica nos sacos para ajudar a manter os alimentos congelados durante mais tempo e ajudar a prevenir a formação de cristais de gelo.

 

Segredo #7: Congelamento em Xarope de Açúcar

Outra opção é o congelamento de frutas em um xarope de açúcar. A receita para o xarope é o mesmo que você usaria para as conservas. Todos os passos são os mesmos como com a produção de conservas, exceto que não será necessário fazer o cozimento. E é tão fácil de fazer!

É claro que eu não podemos falar sobre o congelamento de produtos sem falar sobre as geleias congeladas. Nos meses de inverno, é realmente maravilhoso tirar um pote ou recipiente de geleia do congelador feita a partir de frutas que temos apenas no verão. É ótimo fazer geleias e é outra ótima maneira de desfrutar as frutas congeladas.

Também é possível congelar purês de frutas e vegetais (incluindo a comida para o bebê), sopas, molhos e outros condimentos.

 

Segredo #8: Identificação & Conservação

Você precisa identificar os sacos e recipientes com a data e os conteúdos. Você pode pensar que você vai se lembrar o que é, mas, algum tempo depois pode ser mais difícil de lembrar o que estava em cada saco ou recipiente.

Utilize a fita para freezer para identificar os recipientes, apesar da temperatura fria e a umidade. É bom correr a fita em torno dos recipientes também, para impedir a entrada de ar e impedir a formação de cristais de gelo. Escreva com a caneta nos sacos também, a data e o conteúdo.

 

Segredo #9: Sacos para Congelamento

Utilize sacos invioláveis ​​e herméticos que possam ser levados ao freezer. Eles são fáceis de encontrar e baratos. Ambos os sacos e recipientes devem estar cheios. Remova o máximo de ar possível. E aqui vai um truque: utilize um canudo no canto do saco para sugar todo o ar do saco e, em seguida, feche rapidamente.

Para os recipientes, a remoção do ar é um desafio e tanto quando não se tem a ajuda de um dispositivo a vácuo. Um aparelho a vácuo é definitivamente a melhor solução para armazenamentos em longo prazo – tanto para sacos quanto para os recipientes. Se for realmente deseja começar a congelar bastante alimentos e tiver um bom freezer em casa, vale a pena a despesa extra para comprar um dispositivo. Para remover o ar extra e selar as frutas e vegetais individualmente em embalagens de plástico, produzindo resultados muito melhores do que apenas utilizados os sacos para congelamento.

Quando utilizar recipientes, não se esqueça de deixar espaço livre suficiente para permitir que os líquidos possam se expandir após congelar.

 

Segredo #10: Tempo de Armazenamento

Normalmente em um freezer básico, frutas congeladas e legumes vão durar um tempo bem longo. Conforme o tempo passa, a comida não se torna intragável, mas a qualidade se deteriora. Se você planeja manter alimentos congelados por um longo tempo, um freezer pode ser uma aposta melhor, pois tem temperaturas mais baixas e será aberto com menos frequência. As frutas irão se manter bem por um ano, e os legumes por cerca de 18 meses.

 

Segredo #11: Técnicas de Descongelamento

Quando você for realizar o descongelamento, saiba que as frutas ficaram melhores se forem comidas quando ainda estiverem um pouco congeladas para que elas não fiquem completamente moles. Ou você pode cozinhá-las em molhos, ou adicioná-las a smoothies. Os vegetais ficam melhores se preparados direto do freezer, sem descongelamento.

Alguns vegetais não sofrer efeitos negativos com o congelamento – milho e ervilhas, particularmente. Outros serão melhores em receitas onde eles irão se quebrar e serão consumidos em pedaços menores, como sopas, ensopados e molhos. Não há nada mais fácil do que pegar um saco de brócolis, cenoura e couve-flor diretamente do freezer e fazer um delicioso yakissoba.

 

Bem, aí está. Tudo o que você precisa saber para ter algumas safras de alimentos que temos em apenas algumas épocas, para ser desfrutada o ano todo!!

E você? Tem alguma técnica ou segredo de congelamento de frutas e vegetais, ou até mesmo preparações, que gostaria de compartilhar conosco? Nós adoraríamos saber!

One thought on “11 Segredos sobre o Congelamento de Alimentos”

  1. Many of these Smart Balance Wheel http://www.fashionhoverboard.com work most certainly and thus work with normal tire-chained. Good non-skid available for freezing problems. Surprisingly trend setting or water-proof. Plus they possess a World of warcraft detail to obtain type. They may be a little challenging off and on up until you try out the shoelaces prearranged ideal. They can be useful as they look fine by having a skirts or just leg protection, and / or pantyhose covered from.

Leave a Reply

Your email address will not be published.