Musculação ou exercícios aeróbicos? O que é melhor?

Qual é o seu tipo de treino? Ginástica aeróbica ou musculação localizada? Leia mais sobre os benefícios de cada estilo de exercício e escolha a melhor rotina para você!

Qual a sua preferência? Musculação ou exercícios aeróbicos?
Qual a sua preferência? Musculação ou exercícios aeróbicos?

 

 É difícil de acreditar que o exercício, o que parece ser um tema relativamente simples, possa causar tanto debate. No entanto, ao avaliar a eficácia do treinamento de peso em comparação aos exercícios aeróbicos (ou cardio), há uma abundância de opiniões conflitantes sobre o que é melhor – e este debate nunca parece se resolver. Por isso, decidimos relacionar os benefícios e riscos das duas formas de exercício. Assim você pode fazer uma escolha informada sobre qual treino escolher!

Exercícios aeróbicos

O maior benefício de seguir um plano de exercícios aeróbicos é a mudança na sua aptidão cardiovascular, que melhora imensamente com esse tipo de regime de treinamento. Exercícios aeróbicos regulares fazem com que seus pulmões processem mais oxigênio com menos esforço, ajudam o seu coração a bombear mais sangue com menos batidas , eo fornecimento de sangue direcionado para os seus músculos para aumentar. Como resultado, através da realização de exercícios cardiovasculares você está aumentando a resistência e eficiência do seu corpo.

Benefícios Adicionais
Além dos benefícios cardiovasculares , outros benefícios do exercício aeróbico incluem:

Perda de peso: Combinado com uma dieta saudável e treinamento de força apropriado, o exercício aeróbico vai ajudar você a perder peso.

Melhoria da saúde mental: quando se pratica exercícios aeróbicos regularmente, o corpo libera endorfinas, analgésicos naturais do seu corpo. As endorfinas também reduzem o estresse, depressão e ansiedade.

Melhoria do sistema imunitário: Pessoas que se exercitam regularmente são menos suscetíveis a doenças virais, como gripes e resfriados. É possível que o exercício aeróbico ajude a ativar o sistema imunológico e preparar -lo para combater infecções.

Melhoria da saúde muscular: O exercício aeróbico estimula o crescimento de pequenos vasos sanguíneos (capilares) em seus músculos. Isso ajuda seu corpo a produzir mais eficientemente o oxigênio para os músculos e retirar deles irritante resíduos metabólicos, como o ácido láctico. Isso pode diminuir o desconforto, se você tiver dor muscular crônica ou dor crônica lombar.

Ginástica localizada ou Musculação

Melhorar ou manter a saúde deve ser o objetivo principal quando praticando um programa de exercícios. Saúde não se refere apenas a ausência de doença ou enfermidade, mas podem incluir a maneira como uma pessoa se sente sobre o seu corpo, a sua confiança sobre a participação em uma variedade de atividades e sua atitude geral para com a vida. O treinamento de resistência (musculação) pode desempenhar um papel importante no desenvolvimento da auto- confiança e satisfação com o corpo, aumentando a força, tonificando músculos e aumentando a resistência muscular. Ele também pode ajudar a manter a massa corporal magra (importante para quem quer emagrecer), diminuir o risco de osteoporose, desenvolver a coordenação e equilíbrio, e prevenir lesões resultantes de músculos fracos.

Usando pesos livres, uma pessoa vai conseguir uma maior massa muscular em relação ao exercício aeróbio. Praticar a musculação com pesos das máquinas é excelente para quando uma pessoa quer usar pesos mais leves e executar um elevado número de repetições. No entanto, os pesos livres formam massa mais rápido do que exercícios da máquina.

As vantagens em usar pesos livres para musculação

Uma ampla variedade de exercícios pode ser realizada

Os resultados são rápidos e perceptíveis

O equipamento é muitas vezes de baixo custo, e é portátil

Os pesos livres são adequados para todas as formas e tamanhos

Ele cria um movimento mais natural em comparação com máquinas

Massa magra (músculo) queima calorias naturalmente no corpo, mesmo após o treino

Exercícios que utilizam pesos livres são muitas vezes bons para a reabilitação de lesões

Riscos de treinamento com peso

Maior cautela é necessária, já que o risco de lesão é maior

Há uma necessidade de apoio lombar, ou costas fortes e músculos abdominais, ao realizar certos exercícios com pesos livres como agachamentos ou legpress

Há muito mais para se lembrar sobre como fazer cada exercício com segurança e corretamente

 

A bem da verdade é que ambos treinos, musculação e exercício aeróbicos  podem fornecer o tipo de exercício vigoroso que você precisa. Para um melhor condicionamento físico pratique os dois tipos, assim você queima calorias durante e após os treinos e adiciona variedade aos seus treinos.

Dieta Detox, mitos e verdades

Você certamente já ouviu falar da Dieta Detox e muito provavelmente também já a experimentou. Hoje vamos listar alguns mitos e verdades sobre essa dieta tão famosa entre as celebridades fitness.

Dieta Detox
Dieta Detox

 

O que é o processo de detox?

Detox, curto para desintoxicação, é processo natural e contínuo do corpo de neutralizar ou eliminar as toxinas do corpo. Toxinas são tudo o que pode danificar os tecidos do corpo, incluindo os resíduos que resultam da atividade de células normais, como a amônia, ácido láctico e homocisteína, e as toxinas de origem humana que estamos expostos no nosso ambiente, comida e água. Os sistemas de fígado, intestinos, rins, pulmões, pele, sangue e linfáticos trabalham juntos para garantir que as toxinas são transformadas quimicamente em compostos menos prejudiciais e excretado do corpo. Este método é muito frequentemente usado como técnica de emagrecimento, a famosa ‘dieta detox’. Saiba alguns mitos e verdades sobre essa técnica que pode ser efetiva se usada corretamente.

Mito- Dieta Detox = Dieta do Suco Verde

Esse é um mito que pode se tornar até um risco à saúde. Sucos verdes com ingredientes como o espinafre, couve, kiwi e outros alimentos ricos em vitamina C e antioxidantes trazem muitos benefícios à sua saúde, mas não são suficientes para manter o seu organismo funcionando 100%. Uma dieta que indica somente o consumo de sucos ou sopas pode até lhe ajudar a emagrecer mas é quase certo que este peso retorne. Alimentos integrais e ricos em fibra devem ser parte da sua alimentação mesmo durante uma dieta detox, até porque eles auxiliam o funcionamento do intestino, o que é muito importante para o sucesso de qualquer dieta. Dietas extremamente restritivas que eliminam um grupo inteiro de nutrientes ou as que recomendam somente líquidos por um certo período, não são recomendadas. Evite dietas milagrosas que prometem transformar o seu corpo em muito pouco tempo.

Verdade- Dieta Detox emagrece

Acredite, a dieta detox emagrece sim. Uma das principais bases deste regime é a eliminação (ou consumo mínimo) de alimentos industrializados. Tais alimentos são muitas vezes carregados de sódio, gorduras saturadas, calorias e diversos ingredientes artificiais como corantes e aditivos. Quando você substitui alimentos industrializados por alimentos integrais e orgânicos muito provavelmente perderá peso em decorrência desta mudança de hábito. O sódio em excesso na alimentação provoca a retenção de líquido no organismo, o que pode ser visto como inchaço no corpo. Já alimentos com gorduras saturadas não só causam danos ao sistema cardiovascular mas também são responsáveis pelos quilinhos à mais.

Mito- Dieta Detox só pode ser feita por 1 semana

A verdade é que esta dieta pode ser adaptada à um estilo de vida muito facilmente. Uma vez que o seu corpo já se livrou de toxinas e do peso a mais, não há razões para que você retome os velhos hábitos. Uma alimentação rica em alimentos integrais, frutas e verduras e ausente de comidas prontas e industrializados lhe trará benefícios muito além do que alcançar o peso desejado.

Verdade- Tomar água faz parte da Dieta Detox

Já sabemos que a água é essencial para o funcionamento do organismo. Porém é muito importante entender que tomar água durante o processo de desintoxicação deve ser parte do plano. Durante a desintoxicação do corpo, o organismo está se desfazendo das impurezas e você pode se desidratar durante este processo. Evite o café e outras bebidas cafeinadas como o chá, e bebidas com álcool já que elas podem também causar a desidratação. Tenha como meta 2 litros de água ao dia, se esta quantidade for muito grande para você, comece aos poucos. O importante é aumentar a quantidade que você consome agora e aos poucos tornar este um hábito. Veja aqui algumas receitas de águas com sabor e sem calorias.

E então? Você acha que essa pode ser uma dieta pra você? Deixe-nos um comentário e compartilhe conosco sobre o que gostaria de saber! 😉

 

Alimentos antioxidantes ajudam a prevenir o câncer

Hoje é o dia de se conscientizar sobre uma doença que infelizmente afeta milhões de pessoas no mundo todo, o câncer. Você sabia que os tais alimentos antioxidantes podem ajudar a prevenir diversos tipos desta doença? Leia mais a respeito disso logo a seguir.

Antioxidantes
Antioxidantes

 

Quando falamos sobre o uso de antioxidantes para prevenir o câncer, é importante saber algumas informações. Uma das causas do câncer são os danos causados pelos radicais livres em excesso nas suas células, o que prejudica o seu DNA, e o resultados em algumas células é que elas mutam em células cancerosas. Antioxidantes ‘limpam’ as células destes radicais livres. Cada química e toxina em seu corpo provoca danos como radicais livres, e os chamados carcinogênicos também . Outra razão pela qual temos muito danos causados por radicais livres e uma grande incidência de câncer é que os alimentos industrializados ​​geram mais radicais livres do que os alimentos integrais, e têm menos nutrientes para atuar como ‘seqüestradores’ de radicais livres para ajudar a proteger as células.

Você certamente já ouviu falar dos antioxidantes como a vitamina C, licopeno e beta -caroteno, que estão em muitas frutas e legumes. Estudos sugerem que as pessoas que comem alimentos que são ricos em frutas e legumes têm um menor risco de câncer. Uma variedade de produtos químicos a partir de plantas conhecidas como fitoquímicos também parece proteger as células dos compostos nocivos nos alimentos e no ambiente , bem como prevenir danos às células e mutações.

E o seu peso também importa. É muito importante manter um peso saudável e perder alguns quilos se necessário já que foi comprovado que o excesso de peso e a obesidade são fatores de risco para doenças cardíacas e diabetes.

Pois então, quais são estes antioxidantes e onde podemos encontrar tais nutrientes tão importantes para a prevenção do câncer?

Alho: 

Quem pensou bafo de alho seria bom para você ? Os compostos de enxofre mesmos que causam odor que pode também parar as substâncias causadoras de câncer de se formar em seu corpo, auxiliar o reparo do DNA , e matar as células cancerosas. Quer mais? Alho combate bactérias, incluindo H. pylori (aquele ligado a algumas úlceras e câncer de estômago), e reduz o risco de câncer de cólon.

Para obter o máximo benefício , descasque e pique os dentes e então os deixe de molho de 15 a 20 minutos antes de cozinhar. Isso ativa as enzimas e libera os compostos contendo enxofre que têm o efeito de prevenção.

Brócolis: 

Brócolis e outros vegetais crucíferos, como repolho , couve e couve-flor contêm fitoquímicos chamados glucosinolatos, que produzem enzimas protetoras que são liberadas quando você mastiga o vegetal cru, rompendo as paredes celulares. Seu corpo também produz as enzimas no intestino,e quando brócolis cru ou cozidos passa pelo oranismo, as enzimas são ativadas. Cientistas estão pesquisando como o sulforafano (uma destas enzimas) podem reduzir o risco de câncer, de desintoxicação de substâncias nocivas (tais como fumaça e outros poluentes ambientais) no corpo para funcionar como uma espécie de agente antimicrobiano, atacando a bactéria H. pylori.

Brócolis e seus primos protegem contra câncer de boca, esôfago e estômago. Prepare o brócolis a vapor e misture com alho e azeite para um prato saudável – sem molho gorduroso ou queijo.

Tomates:

A coloração vermelha no tomate é uma arma potente contra o câncer de próstata. Essa cor vermelha vem de um nutriente fitoquímico chamado licopeno, um poderoso antioxidante, que é encontrado em grande concentração no tomate. Vários estudos sugerem que uma dieta rica em licopeno está ligada a um risco reduzido de câncer da próstata. No entanto , os pesquisadores ainda não tem certeza se isso está relacionado diretamente ao licopeno em si ou algum outro composto.

Para obter o máximo benefício a partir de licopeno, comer tomates cozidos ou processados, incluindo suco de tomate e molho de pizza. Processamento torna os compostos que combatem o câncer mais disponíveis para o seu corpo, porque o calor quebra as paredes celulares da planta. E incluindo os tomates preparados em pratos com azeite, como pizza e macarrão com molho, aumenta a disponibilidade de licopeno. Quer mais deste composto? Melancia ou pimentões vermelhos também contém licopeno .

Morango: 

Morangos são ricos em antioxidantes, como a vitamina C e ácido elágico. Em testes de laboratório, o ácido elágico mostrou ter propriedades anticancerígenas que destroem substâncias causadoras de câncer e retardam o crescimento de tumores. Eles também contém flavonóides, os quais detém uma enzima que danifica o DNA e tem sido associada ao câncer do pulmão . Outros tipos de frutas ricos em flavonóides são as framboesas,mirtilos e amoras. Mirtilos são carregados com antocianinas, que reduzem a inflamação e são um dos mais poderosos antioxidantes.

Cenoura:

As cenouras são ricas em nutrientes que combatem o câncer. Elas contêm beta-caroteno, um antioxidante cientistas acreditam que pode proteger as membranas celulares de ataques de toxinas e retardar o crescimento de células cancerosas. E cenouras contém outras vitaminas e fitoquímicos que podem proteger contra o câncer de boca, esôfago e estômago.

Espinafre:

O espinafre é rico em luteína e zeaxantina, carotenóides que retiram moléculas instáveis ​​chamadas radicais livres do seu corpo antes de danificá-lo. Eles são encontrados no espinafre e outros vegetais de folhas de cor verde escura, e alguns estudos mostram que pode proteger contra câncer de boca, esôfago e estômago. Alguns estudos sugerem que os carotenóides em espinafres e outros alimentos podem reduzir o risco de câncer do ovário, do endométrio, pulmão e colo-rectal.

Você já parou para pensar como é importante a sua alimentação para a sua saúde? Que tal prevenir ao invés de remediar? Afinal, saborear um belo prato de salada e frutas vermelhas de sobremesa por dia, com a intenção de prevenir diversos tipos de câncer parece não ser tão má idéia, não é?!

Os 10 melhores exercícios para queimar calorias!

Se a sua intenção é queimar calorias ao máximo você não pode perder o blog de hoje! Veja o que preparamos especialmente para você, um ranking dos 10 melhores exercícios para queimar calorias!

Nadar é um dos melhores exercícios para queimar calorias
Nadar é um dos melhores exercícios para queimar calorias

 

1. Natação

Calorias queimadas por hora: 500 a 800

Maior benefício para a saúde da natação é a sua completa falta de impacto nas articulações. Se você tem uma piscina ou, pelo menos, acesso a uma, experimente dedicar tempo à este esporte. Nada queima calorias melhor do que nadar rápido, tente fazer uma braçada fácil, e logo após uma mais rápida, duas fáceis, duas rápidas, e assim por diante. Não passe mais do que 10% do seu tempo na água sem nadar para queimar o máximo de calorias e tente dividir os períodos de descanso em 2, pausando por apenas 10 segundos entre braçadas.

2. Cooper

Calorias queimadas por hora: 550-900

Cooper (ou jogging), o meio-termo entre caminhada e corrida, pode ser uma grande oportunidade para queimar gordura e calorias no geral. Você não precisa correr o mais rápido que puder, um simples trote ao longo de um período de tempo vai fazer maravilhas para a sua aptidão cardiovascular, bem como ajudar a tonificar e fortalecer os músculos do abdómen. A chave é correr por uma distância significativa, por isso não acabe com a sua energia logo no começo do exercício e mantenha um ritmo constante.

3. Musculação

Calorias queimadas por hora:  cerca de 500

É possível queimar até 500 calorias em uma hora durante a execução de levantamento de peso ou exercícios de treinamento de força. Quando você está levantando pesos, você está queimando calorias e continua queimando mesmo após o término do treino. O corpo deve também trazer freqüência cardíaca e respiratória de volta a um nível normal. O coração trabalha duro para bombear o sangue re-oxigenado por todo o corpo e trazer a temperatura do corpo volta ao seu nível normal. Esses processos também queimar calorias. Quanto mais longo e mais intenso o seu treino de musculação for, mais tempo vai demorar para o seu corpo executar todas essas funções e mais calorias você irá queimar pós-treino. Saiba mais sobre a técnica de cutting.

4. Esportes de raquete

Calorias queimadas por hora: 600 a 900

Iniciar, parar. Iniciar, parar. Iniciar, parar. Esse é o ritmo de esportes como tênis e squash. É um ótimo treino, no entanto você não deve praticar esses esportes se tem joelhos ou tornozelos ruins. Lembre-se, para o benefício físico máximo, jogar tênis individualmente ao invés de em duplas é melhor porque você vai cobrir mais terreno durante uma partida. Seus ombros, braços e quadris irão se beneficiar bastante com o treino, mesmo se você for um iniciante.

5. Escada

Calorias queimadas por hora: 650-900

O movimento de subir os degraus de uma escada trabalha não só a sua parte inferior do corpo, mas rapidamente tonifica seus glúteos e também fortalece os músculos da parte superior do seu corpo. Se você tiver um condicionamento físico avançado experimente pular um degrau com os dois pés juntos, e gradualmente avançar para dois degraus de cada vez.

6. Artes Marciais

Calorias queimadas por hora: de 700 a 1.100

Seja karatê, judô, tae kwon do, ou qualquer outra arte marcial, você não tem como errar. Qualquer atividade em que você esteja se movendo rapidamente e em uma variedade de maneiras, certamente irá tonificar e queimar calorias. Lembre-se, você não tem que aprender esta habilidade com a intenção de lutar ou se tornar atleta profissional. As academias estão cheias de pessoas aprendendo esportes de combate, sem a intenção de entrar no ringue.

7. Andar de bicicleta

Calorias queimadas por hora: 600 a 1.000

Este exercício pode ser feito por um longo período de tempo sem cansar os músculos das pernas, por isso pode ser praticado por praticamente qualquer pessoa. Seu coração e pulmões são usados constantemente para essa atividade, que é excelente para melhorar seus níveis de aptidão cardiovascular. Com mais tempo de prática, os pulmões ficam mais fortes e você é capaz de transportar oxigênio ao redor do corpo mais eficientemente, o que é a chave para um alto nível de aptidão. Sua pressão arterial em repouso irá diminuir assim como os seus níveis de gordura no sangue. Tudo isso combinado vai reduzir o risco de doença cardíaca além de auxiliar a perda de peso.

8. Pular Corda

Calorias queimadas por hora: de 700 a 1.100

Boxeadores fazem isso para se aquecer, mas depois de poucos minutos dessa atividade, você vai estar considerando isso mais que um simples aquecimento. Pular corda é simples, mas eficaz, e trabalha todo o corpo, como também ajuda com a coordenação olho-mão. Uma vez que você domina os saltos básicos, pode ser divertido tentar incorporar balanços laterais e padrões de cruzamento para a sua rotina. Este exercício vai deixar você suando e torrando calorias em pouco tempo.

9. Futebol

Calorias queimadas por hora: de 900 a 1.400

No futebol, você anda um pouco, corre um pouco, e logo corre mais; mas a principal coisa a lembrar é que você está sempre em movimento. Considerando o tamanho do campo em que você jogar certamente estará se movimento em grande parte do tempo para cobrir território. Você terá a chance de correr para trás e para os lados, mantendo o seu corpo flexível e apto. Lembre-se, a virilha e quadril são áreas muito comuns onde ocorrem as lesões musculares durante um treino de futebol, por isso é muito importante fazer alongamento antes de começar a jogar.

10. Corrida

Calorias queimadas por hora: de 900 a 1.500

Caminhadas e cooper são ótimas opções de exercícios e queimam calorias, mas aumentando o seu ritmo vai significar mais calorias queimadas e maior tonificação de seus músculos. Com a corrida você trabalha diversas partes do seu corpo, a partir das suas panturrilhas para o seu abdómen e peitorais. Para ter um melhor potencial de queima de calorias, tente manter a sua velocidade acima de 12 quilómetros por hora. Correndo na natureza, seja em uma trilha ou mesmo em uma área residencial oferece uma mudança constante de cenário que vai fazer deixar você mais contente do que em uma esteira.

E então? Qual a sua atividade favorita? Será que você pode implementar uma dessas rotinas no seu dia-a-dia para torrar calorias? Deixe-nos um comentário!