Aeróbico ou anaeróbico? O que é melhor para queimar gordura?

 

 

Será que o seu exercício lhe ajuda a queimar gordura?
Será que o seu exercício lhe ajuda a queimar gordura?

Quem aqui vai à academia? A próxima vez que você for lá, dê uma olhada na área de cardio e olhe para as pessoas que estão andando e se mantendo na “fat burning zone” ou “zona de queima de gordura”. Volte aqui depois e deixe o seu comentário mencionando o que essas pessoas têm em comum.

Muito provavelmente eles tem seguido esta rotina de treino por um tempo e se perguntam porque não estão perdendo peso. Bem, vamos dar uma olhada no que o exercício aeróbio e anaeróbio são, e então talvez possamos descobrir o problema.

Exercício aeróbico

O exercício aeróbico é o exercício que normalmente é de baixa intensidade e é feito por um longo período. O exercício aeróbico utiliza principalmente gordura para obter energia. Alguns destes exercícios aeróbicos são atividades como caminhada, corrida leve, andar de bicicleta, ou usar a máquina elíptica.

Agora, alguns destes certamente pode ser usado como exercícios de alta intensidade, se você se puxar bastante, mas mais vezes do que não, eles são usados ​​para ficar em sua zona de queima de gordura.

Exercício anaeróbico

O exercício anaeróbico é tipicamente de alta intensidade e é feito por períodos curtos. A fonte primária de combustível para o exercício anaeróbico é o glicogênio, que é fabricado a partir da glicose (açúcar derivado do carboidrato consumido).

No exercício da sua zona anaeróbia, o seu corpo não é capaz de quebrar os ácidos graxos rápido o suficiente para alimentar o seu treino. Em vez disso, ele usa o glicogênio muscular e estoques de energia como fonte primária de combustível para o exercício anaeróbico.

Alguns exemplos de exercícios de alta intensidade são musculação, corrida e remo. Há muito mais para entender sobre estes dois tipos de exercícios, mas por enquanto, vamos manter o foco no tema.

Exrecício Aeróbico vs Exercício Anaeróbico

A idéia por trás da zona de queima de gordura é que se você se exercitar em uma frequência cardíaca em particular ( em torno de 60-70%), você vai queimar um maior percentual de calorias provenientes de gordura. Isto é fato. Você deve estar se perguntando, então por que isso não é bom se eu estou tentando perder gordura?

Bem, a resposta é muito simples na verdade. Quanto menor a sua freqüência cardíaca, maior o percentual de calorias queimadas virá de gordura. A chave para esta frase é “maior o percentual”.

Você realmente queima o maior percentual de calorias provenientes de gordura enquanto você dorme! Isso mesmo, enquanto você está dormindo! Sua freqüência cardíaca é a mais baixa neste período. Portanto,em teoria , se você acredita na zona de queima de gordura para a melhor perda de gordura, você deveria tentar dormir até perder tudo o que tem de gordura no corpo.

O problema com esse pensamento é que, enquanto você queima um maior percentual de calorias provenientes de gordura, o número total de calorias queimadas é menor. Muito menor. Vamos dar uma olhada em núneros para ter uma melhor idéia do que está acontecendo.

 

Exercício de baixa intensidade ( Aeróbico 60-70% frequência cardíaca máxima)

Total de calorias queimadas 200

Total de calorias de gordura queimadas 120

Percentual de gordura queimada 60%

Exercício de alta intensidade ( Anaeróbico 80-100% frequência cardíaca máxima)

Total de calorias queimadas 300

Total de calorias de gordura queimadas 135

Percentual de gordura queimada 45%

A tabela acima mostra quantas calorias são queimadas durante uma sessão típica 45 minutos de cardio. Como você pode ver, apesar de um maior percentual de calorias provenientes de gordura terem sido queimadas durante o exercício de baixa intensidade, uma maior quantidade de calorias de gordura foram queimadas durante o exercício de alta intensidade.

O mais importante a lembrar durante o exercício é tentar queimar calorias. Quanto mais calorias você queima, mais gordura perde.

E se você ainda não está convencida, pense da seguinte maneira: você realmente acha que as pessoas que não malham tão pesado vão perder mais gordura do que as pessoas que suam a camisa em exercícios de alta intensidade?

Quando o exercício aeróbico é benéfico?

Isso não quer dizer que os exercícios de baixa intensidade não tem o seu lugar na academia. Existem funções específicas para cada tipo de exercício. Sabendo disso, quando você deve fazer o exercício aeróbico?

O problema com o exercício de alta intensidade é que ele é muito exigente em seus músculos e sistema nervoso central. Isso torna difícil para trabalhar em uma intensidade alta por longos períodos de tempo ou em dias consecutivos.

Se você ainda quer queimar calorias extras, este é o momento oportuno para complementar com alguns exercícios de baixa intensidade. Uma caminhada de uma hora vai queimar 300-400 calorias, e isso pode fazer uma grande diferença na sua perda de peso. Tente incluir de 1-3 dias de cardio de menor intensidade entre as sessões de treinamento de força e veja o impacto positivo que esta rotina irá lhe trazer.

Dois outros momentos em que o exercício de baixa intensidade é preferível é quando você tem alguma lesão ou se seu corpo não pode lidar com o impacto do exercício de alta intensidade naquele certo dia.

A moral da história? Se você pode fazer exercícios de alta intensidade, faça-os. Tenha isso como uma prioridade. Estudos após estudos mostram que eles são mais benéficos para perder gordura. Se você já estourou o número de dias que você pode fazer exercícios de alta intensidade, mas ainda quer queimar umas calorias extras, encaixe algumas sessões de exercícios de baixa intensidade na sua rotina.

Conheça os 2 macronutrientes essenciais para a sua dieta

Proteína é um dos macronutrientes essenciais para o seu organismo
Proteína é um dos macronutrientes essenciais para o seu organismo

 

Macronutrientes primários

Existem três macronutrientes primários – proteínas, gorduras e carboidratos. Mas apenas 2 destes são essenciais para a manutenção da vida humana. Você consegue adivinhar quais 2?

Se você adivinhou proteína e gordura, você está correto. Os hidratos de carbono não são necessárias para sustentar a vida. Os hidratos de carbono fornecem glicose e energia que o corpo usa, mas o corpo também pode derivar a sua energia a partir de gorduras e proteínas.

Ácidos Graxos Essenciais

Nem todas as gorduras são iguais. Embora muitos tipos diferentes de gordura têm as suas vantagens, apenas os ácidos graxos essenciais são necessários. Isto é porque o corpo não pode sintetizá-los. Os ácidos graxos de ômega- 3 e ômega- 6  precisam ser ingeridos através de sua dieta, e a maioria da população mundial consome uma quantia perto dos valores ideais.

Aminoácidos Essenciais

A proteína é  outro macronutriente essencial. A proteína é composta de aminoácidos, os blocos de construção da vida. Eles são essenciais para muitas funções importantes no corpo. Uma dessas funções é a de fornecer a energia para o cérebro. Seu corpo não pode fabricar todos os diferentes aminoácidos, portanto ele precisa obter seus aminoácidos essenciais através da sua dieta.

Na ausência de hidratos de carbono, o cérebro precisa encontrar glicose (açúcar) para funcionar. Há uma razão pela qual as pessoas se sentem confusas quando não comem por um período longo ou quando estão seguindo uma dieta baixa em carboidratos. O cérebro precisa de glicose para realizar suas funções. Mas onde é que ele pode obter glicose se não há consumo de carboidratos? Ele recebe esse nutriente a partir de proteínas, através de um processo chamado gliconeogênese .

Então o que acontece quando você não consome carboidratos ou proteínas? O corpo ainda precisa de glicose. E existe uma outra fonte de proteína que o corpo pode usar. Na ausência de hidratos de carbono e proteínas, o corpo recorre à si mesmo para produzir combustível. A proteína é a substância mais abundante em nossos corpos. Os músculos são feitos de proteína. Órgãos, pele, olhos e cabelo, são todos feitos de proteína. O corpo começa a quebrar estes tecidos para alimentar -se. Ele lentamente corrói até chegar ao ponto em que já não pode se sustentar.

A moral da história? O primeiro passo para uma dieta saudável é dar ao seu corpo o que ele precisa para sobreviver. Os ácidos graxos essenciais e proteínas (especificamente os aminoácidos essenciais) devem estar sempre presentes na sua dieta se você quer alcançar seus objetivos. Então, inclua carnes magras na sua dieta e belisque um punhado de nozes. Seu corpo vai agradecer.

Mantenha a sua dieta limpa!

Suco de laranja natural ao invés do industrializado é exemplo de alimento da dieta limpa
Suco de laranja natural ao invés do industrializado é exemplo de alimento da dieta limpa

Todo lugar que você olha hoje em dia existem produtos dizendo que fazem milagres para a sua saúde, queimam gorduras, adicionam proteína, vitaminas à mais, antioxidantes, etc.

Mas a verdade é que muitos desses alimentos ‘saudáveis’ podem prejudicar a sua dieta. Quando falamos em dieta limpa nos referimos à diferença entre alimentos industrializados e alimentos integrais ou que passam pelo menor número de transformações até chegar à sua mesa. Quanto menos industrializado o alimento for, mais nutrientes são conservados. Vamos dar uma olhada na batalha entre alguns alimentos frescos e industrializados e decida por você quais são os vencedores:

Fruta fresca VS suco industrializado

Uma laranja tem cerca de 70 calorias e 3g de fibra (que é o que deixa você satisfeita e mantém o intestino regular). Em comparação, uma porção de 350ml de suco industrializado tem o dobro de calorias, 3 vezes a mais de açúcar e nem um terço da quantidade de fibras! Com certeza a laranja fresca ganha essa batalha.

Iogurte grego desnatado ao invés da Barrinha de proteína

Barrinhas de proteína podem sim ter até 30g de proteína em cada porção, mas você sabe o que mais vem com toda essa proteína? Muitas barrinhas contém mais calorias do que uma barra de chocolate, gordura saturada, xarope de milho e praticamente nenhum outro benefício à sua dieta. Compare esses fatos nutricionais à uma porção de iogurte grego desnatado que contém cerca de 120 calorias, 17g de proteína, e ainda por cima cálcio e probióticos (que auxiliam a manter a saúde da sua flora intestinal). Quem vence? O iogurte grego é altamente superior nutricionalmente e fornece ao seu organismo um lanchinho rico em proteína e sabor.

Mingau de Aveia ao invés de cereais matinais ‘diet’  

Pode ser muito difícil resistir à tentação em comprar aquele cereal matinal ‘diet’, ‘light’ ou o ‘saudável do momento’, mas será que ele será suficiente para lhe deixar satisfeita? Ou será que você vai acabar se rendendo à um cupcake às 11 da manhã? Cereais matinais baixos em calorias são muitas vezes enganadores, muitos deles tem um índice glicêmico alto, o que irá causar uma alta de açúcar no sangue rápida que lhe traz um relâmpago de energia, mas que rapidamente baixa, causando a fadiga e fome. Mingau de aveia por outro lado, pode até conter mais calorias do que o cereal, porém lhe deixará satisfeita por mais tempo (assim você não belisca tantas vezes antes da próxima refeição), é carregada de fibras alimentares e de sobra ajuda a baixar o colesterol ruim. Vencedor dessa batalha? Aveia sem dúvida leva o troféu.

Vegetais ao invés de vitaminas adicionadas em alimentos industrializados

Não existe substituto à medida quando falamos em vitaminas. Quando absorvemos nutrientes e vitaminas através de alimentos estamos também adquirindo inúmeros outros benefícios para a saúde sem calorias a mais ou gastos com suplementos.

Vegetais por exemplo são cheios de fibra, minerais e são geralmente baixos em calorias (especialmente os verdes). Bebidas de vitaminas, comprimidos e suplementos multivitamínicos tem a sua função em momentos específicos. Mas para perda de peso o mais importante é ter uma dieta balanceada com muita variedade, e pense no quanto de dinheiro você irá economizar!

Pode ser um desafio mudar a sua alimentação por completo e ter uma dieta limpa! Que tal começar aos poucos e mudar alguns ítens na sua despensa (ou geladeira?). O seu corpo e disposição agradece! Conte pra nós, o que você escolhe mudar HOJE? 😉

20 motivos para você perder peso

Qual é o seu motivo para perder peso?
Qual é o seu motivo para perder peso?

 

Cada um tem uma razão pela qual gostaria de emagrecer. Talvez você queira poder usar aquela roupa linda que comprou mas que está um pouco justa demais, talvez a sua melhor amiga esteja naquele pique de mudar os hábitos para melhor e você se contagiou, ou talvez você mesma esteja pronta para mudar o seu estilo de vida.

Qualquer que seja a razão, motivação é chave para o sucesso em atingir a sua meta de emagrecimento à longo prazo. Estudos que examinaram a relação entre motivação e continuidade em um plano de emagrecimento descobriram que pessoas motivadas por razões pessoais são mais propensas à auto-monitorar a sua dieta e perda de peso, tendo mais chances de sucesso no processo de emagrecimento.

Veja se algumas das razões abaixo pode ser boa para lhe motivar:

  1. Sentir-se melhor sobre você mesma
  2. Se sentir bem vestindo um biquini
  3. Ser um bom exemplo para família ou amigos
  4. Se sentir confiante e segura de si mesma
  5. Melhorar a respiração e nível de aptidão física
  6. Ter mais energia
  7. Ter menos dores na juntas e corpo
  8. Gostar de sair às compras de roupas novas
  9. Ser irresistível e gostar de seduzir
  10. Não se sentir invisível
  11. Se sentir e parecer mais jovem
  12. Ter uma vida mais saudável que vai lhe permitir aproveitar os seus netos e netas
  13. Sentar onde você quiser
  14. Ter energia para acompanhar as crianças
  15. Prevenir diabetes, doenças cardiovasculares e outras doenças
  16. Se sentir em controle das escolhas na sua vida
  17. Finalmente cumprir aquela promessa de fim de ano
  18. Estar na melhor forma de sua vida
  19. Gostar do que você vê no espelho
  20. Apreciar a vida

Mesmo que qualquer razão seja uma boa razão para tirar você do sofá e de uma vida sedentária, encontrar algo que realmente está relacionado com o que você quer da vida é chave para o sucesso. Essa razão que você escolher vai ser a sua âncora e lhe manter focada durante o processo de mudança e garantirá o seu sucesso.

Conte pra nós nos comentários abaixo: Qual é o seu motivo para perder peso?

 

Será que o seu lanche está arruinando a sua dieta?

Planeje o seu lanche entre refeições para não arruinar a dieta
Planeje o seu lanche entre refeições para não arruinar a dieta

 

Comer o que estiver à sua frente e beliscar sem pensar o dia todo pode ser o que está arruinando a sua dieta. Quando a fome chama, não há outra maneira ou saída mas responder à ela. Planeje o seu lanche com antecedência para poder atender ao chamado da fome sem culpa e com uma alimentação saudável.

Pense a respeito dos seus lanches da mesma maneira que planeja as suas refeições. O que você busca na hora da fome entre refeições para beliscar, e qual é a hora que isso normalmente acontece (depois da janta ou durante o dia no trabalho)?

Comece esse desafio anotando e planejando qual serão os seus lanches para toda a semana- que tipo de comida você precisa e para quando você precisa estar preparada durante o dia? Planeje em preparar alimentos fáceis de carregar e que não exigem refrigeração, opções salgadas e doces e com baixa densidade calórica (alimentos com poucas calorias e que você pode comer em boa quantidade).

Busque por idéias de lanches saudáveis em revistas ou mesmo na internet. Adicione essas idéias à uma lista de compras para essa semana ainda hoje.

Que tal um café gourmet sem calorias?

Tome café com um gostinho diferente mas sem as calorias e açúcar a mais!
Tome café com um gostinho diferente mas sem as calorias e açúcar a mais!

Se você depende de café todas as manhãs para ter energia vai ficar surpresa em descobrir que isso não é necessariamente ruim. A maiorias dos estudos relacionados à cafeína concluem que pessoas que tomam ao menos uma xícara de café por dia colhem muitos benefícios para a saúde e fortalecem o seu sistema imunitário.

Algo, porém, deve ser claro: café quer dizer o cafezinho preto, não os drinks elaborados com creme e xaropes de açúcar e sabores artificiais. Essas bebidas podem realmente ser deliciosas, quase como uma sobremesa, mas também estão carregadas de calorias provenientes de açúcar e gordura, contendo cerca de 100 a 400 calorias por porção.

Aqui vão algumas dicas de como preparar um café delicioso, light em calorias e também no seu bolso:

Xaropes sem açúcar

Esses produtos são vendidos comercialmente mas podem também ser feitos em casa. Os ingredientes usados são simples: água, açúcar artificial e um extrato de sabor (como a baunilha por exemplo). Xaropes sem açúcar contém zero calorias mas possuem muito sabor e podem ser exatamente o que você precisa se normalmente acha o gosto do café muito amargo.

Canela

Estudos mostram que a canela pode ajudar a controlar impulsos em comer doces, diminuir açúcar no sangue e colesterol ruim, melhora funcionamento cerebral e alivia problemas de digestão. Adicione de 1/4 a 1/2 colher de sobremesa no seu café em pó antes de prepará-lo para aproveitar estes benefícios logo de manhã. Ou, se preferir, experimente adicionar pequenas pitadas de especiarias como cravo em pó, noz moscada ou mesmo canela no seu café já pronto. Você não vai nem precisar adoçá-lo!

Essências

Essências de baunilha, amêndoas ou avelã podem ser adicionadas ao café em pó para uma explosão de sabor no seu cafezinho da manhã. Regue o seu café em pó, cerca de 1/2 colher de sobremesa para cada 4 colheres de sopa de café em pó. Distribua a essência de uma maneira uniforme para obter melhor resultado. Se preferir, adicione algumas gotas da essência que escolheu no café já pronto para um sabor delicioso.

Descanse, se recupere e se recompense!

Relaxamento deve fazer parte da sua rotina
Relaxamento deve fazer parte da sua rotina

 

Um período de descanso deve ter tanta importância na sua rotina quanto se exercitar. Descansar rejuvenesce o corpo e a mente, regula o organismo e o humor, fortalece o corpo e reduz fadiga. Mesmo que você fique muito tentada em forçar o seu corpo ao máximo para crescer mais músculo e perder mais peso, sem dúvida, com o tempo o seu plano vai falhar se não existe tempo para o seu corpo descansar.

A maioria das lesões musculares são provenientes de abusos em treinos então desafie você mesma a descansar um dia quando tiver a oportunidade para dormir, fazer um leve alongamento e restaurar a energia.

Menos é mais em dias de recuperação e descanso- fortifique a sua mente com exercícios de meditação. Feche os olhos e respire naturalmente, pensando no número 1 enquanto respira com calma em cada inalação. Continue desta maneira por ao menos 5 minutos. Se a sua mente começar a se distrair em outros pensamentos e preocupações, pense novamente no número 1.

Só porque você está em dia de relaxamento isso não quer dizer que você não possa estar ativa fisicamente. Experimente fazer um alongamento ou caminhadas de baixo impacto para relaxar músculos que possam estar tensos. Tenha cuidado para manter a intensidade da atividade de baixa a moderada!

Você não precisa fazer isso hoje, mas se preferir treinar, escolha um outro dia desta semana para dedicar ao relaxamento. Marque um tempo para renovar e rejuvenescer a sua mente e corpo esta semana!

Diga não às dietas da moda!

 

Dietas da moda são normalmente muito restritivas e podem causar danos à sua saúde
Dietas da moda são normalmente muito restritivas e podem causar danos à sua saúde

 

Seja na TV ou em revistas com celebridades do momento na capa, a mídia está sempre promovendo dietas e formas surreais de perder peso. Pode ser a atriz da novela das 8 que comeu somente alimentos vermelhos para entrar no seu jeans favorito e perdeu 15 quilos em 1 mês, ou a modelo do momento que tomou suco de água com limão e pimenta por 30 dias e perdeu toda a gordura que tinha no corpo (inclusive sua sanidade mental). Ouvimos histórias como estas todos os dias!

Dietas da moda vêm e vão constantemente, se renovam e se repetem todos os anos e sempre vai haver uma celebridade promovendo esta ou aquela dieta, prometendo resultados instantâneos. A verdade é que essas dietas ‘relâmpago’ não tem esse apelido por qualquer razão. Elas apresentam riscos à sua saúde e além do mais, muito provavelmente, farão com que o seu peso volte tão rápido quanto foi embora. 

Excluindo grupos alimentares

Quando você limita ou exclui completamente um grupo alimentar inteiro da sua dieta certamente estará comprometendo a sua saúde. Seu corpo não receberá uma quantia balanceada e adequada de nutrientes. Estudos mostram que uma queda em potássio e magnésio, resultado de dietas extremamente restritivas, podem causar arritmias, baixa pressão arterial e esgotamento de sódio no organismo. Lembre-se: alimentos são a fonte de energia que o seu corpo precisa para funcionar. Dê à ele o que necessita.

Confusão metabólica

Dietas extremamente restritivas e que causam o famoso efeito sanfona fazem com que o seu metabolismo entre em choque. Com uma alimentação muito baixa em calorias, o seu organismo deixa de queimar calorias para preservar energia com o intúito de manter as funções básicas do corpo em funcionamento. Isso quer dizer que é muito mais difícil perder peso desta maneira. Mesmo que você se livre de alguns quilos nas primeiras semanas, tão rápido quanto você retorne à sua alimentação normal o peso voltará também.

Efeitos colaterais

Sintomas mais comuns de dietas muito restritivas podem ser: tontura, mudança drástica no humor e cãibras musculares. Muito simplesmente: essas dietas não duram porque não são boas para você ou seu organismo. Mantenha suas porções de comida em tamanho moderado e emagreça sem comprometer a sua saúde.

 

 

Diminua a sua porção!

Você sabia que simplesmente mudando o seu pedido de refrigerante de tamanho grande para médio pode lhe economizar cerca de 100 calorias? Se você tem o costume de tomar refrigerante com suas refeições, pense no saldo de calorias que pode ter em uma semana, cerca de 700 calorias!

Para emagrecer não é preciso esquecer completamente e nunca mais comer as suas comidas favoritas. Somente mudando o tamanho da sua porção de alimentos pode causar um grande efeito no seu processo de emagrecimento.

Principais alimentos à evitar em grandes quantidades:

  • Refrigerantes com açúcar
  • Batata-frita ou salgadinhos industrializados
  • Milk-shakes, bebidas de café açucaradas
  • Chocolates e doces

Seu desafio de hoje? Diminuir a porção de ao menos uma de suas comidas favoritas ou que estejam incluídas na lista.

Conta pra gente: você cumpriu com o desafio de hoje? Qual foi a indulgência que você atacou? 😉

Inclua proteína na sua dieta para auxiliar a perda de peso

Proteína é essencial no plano de emagrecimento
Proteína é essencial no plano de emagrecimento

 

Proteína é parte essencial da nossa alimentação e não só auxilia o ganho de massa magra mas também é necessária para manter o seu sistema imunitário forte e saudável. Será que você inclui a quantidade certa e tipo certo de proteína na sua alimentação?

Você toma uma xícara de café com leite no café da manhã, come meia xícara de feijão no almoço e um peito de frango no jantar. Isso deve ser suficiente para tomar conta do que você precisa consumir diariamente de proteína, correto? Na verdade não é bem assim.

Com uma dieta similar a que descrevemos, você provavelmente está consumindo quase a metade do que é recomendável por dia. E se você não está segura de quantas gramas de proteína precisa por dia, o que a maioria de nós não sabe, como podemos ter uma idéia do nosso consumo e se é apropriado?

Em geral, é recomendável que de 10% a 25% das sua calorias diárias sejam provenientes de proteína. Para adultos entre 19 a 70 anos, mulheres geralmente necessitam cerca de 46 gramas de proteína, enquanto homens precisam de cerca de 56 gramas por dia. Tendo dito isso, é importante mencionar que alimentos ricos em proteína normalmente também contém bastante calorias, por isso pode ser difícil manter a quantia de calorias que você deseja em controle e ainda assim consumir o que precisa de proteína diariamente.

Para ter certeza de que você está consumindo a quantidade apropriada de proteína e ainda assim manter o número de calorias sob controle,leia os rótulos de informação nutricional sempre. Planeje o seu dia e suas refeições para garantir que a sua fonte de proteína seja de um alimento saudável. Aqui vão algumas dicas de alimentos que são ricos em proteína e saudáveis:

  • Escolha cortes de carne ‘magros’ ou corte o excesso de gordura antes do consumo ou preparo
  • Use feijão preto ou carioca ao invés de carnes quando possível
  • Prefira leite e derivados com baixo teor de gordura ou desnatado
  • Use claras de ovos ao invés dos ovos inteiros para um prato com menos gordura e calorias
  • Adicione nozes e sementes nos seus lanches, saladas e refeições. Lembre-se de manter essas porções entre 1 colher de sopa e 1/4 de xícara já que tais alimentos também são ricos em gordura.
  • Incorpore fontes vegetarianas de proteína na sua alimentação como o leite e produtos de soja, lentilhas e ervilhas.

Evite cair na cilada de suplementos protéicos, a não ser que você tenha um acompanhamento com personal trainer ou nutricionista. Se você tem uma saúde boa em geral e incorpora os alimentos mencionados acima na sua dieta, pode tranquilamente tomar conta do que necessita da sua cota diária de proteína.