www.tbfoto.com.brLE MANJUE - SP/SP - 18/10/2012Foto: Tadeu Bru

Aprendendo sobre gastronomia funcional e orgânica com Chef Renato Caleffi

Chef Executivo e sócio proprietário do cobiçadíssimo restaurante Le Manjue Bistrô em São Paulo, Chef Renato é inovador, pioneiro e autêntico no seu estilo. Ele quer trazer ao seu prato não só uma refeição, mas uma combinação de ingredientes orgânicos e funcionais que lhe trará além do prazer em apreciar sabores magníficos, benefícios à sua saúde. 

Magra Brasil: Como foi a sua trajetória da faculdade de Direito para onde se encontra agora profissionalmente?

Renato Caleffi: No ultimo ano de direito, comecei a fazer cursos na escola Wilma Kovesi e a estagiar no Restaurante Mestiço. Me formei e em seguida o chef de lá me convidou para ser seu assistente e saímos para o Restaurante Riso; me matriculei na primeira turma da Anhembi Morumbi, de gastronomia. Fui assumindo responsabilidades no restaurante Riso e convidado a ser o Chef de lá. Depois disso fui para a Espanha e conheci os orgânicos e quando retornei, assumi a cozinha de um restaurante de uma grande nutricionista, Dra Joana d’Arc e juntos fomos os pioneiros na gastronomia funcional e comecei a trabalhar com a biomassa de banana verde.

MBR: O que você pretende transparecer através da sua culinária e de seus pratos?

RC: União do sabor com a saúde; saudabilidade do planeta, do organismo e do homem; e comida que promova a saúde com o potencial de prevenir doenças.

MBR: Qual a importância de usar alimentos funcionais em uma receita?

RC: Eles promovem saúde com potencial preventivo.

MBR: Você acha que existe uma conscientização das pessoas à respeito do impacto ecológico que o simples ato de ‘comer’ impõe?

RC: Atualmente muito mais que no passado.

MBR: Quem são profissionais que lhe inspiram ou que você admira, no ramo ou não da gastronomia?

RC: Todos que assumem a postura de colocar saudabilidade com criatividade e sabor; que tentam estimular a sustentabilidade, a promoção de alimentos orgânicos e de agricultura familiar; e que utilizam a biomassa de banana verde ou alguns dos meus princípios de gastronomia funcional.

MBR: Como funciona a sua parceria com nutricionistas?

RC: Eu admiro o trabalho delas e vice versa; elas indicam ao pacientes comer no meu restaurante – Le Manjue Organique e a comprar o meu livro Escolhas e Impactos – gastronomia funcional, para a eficácia do que elas indicam aos pacientes. Tenho parceria muito forte com as Dras Gisela Saviole, em São Paulo e Andrea Santa Rosa Garcia no Rio de Janeiro.

MBR: Qual a diferença entre uma dieta e um plano alimentar?

RC: A dieta tem exclusões e restrições com uma conotação pejorativa, lembra sofrimento; já o plano alimentar é algo mais consciente para você levar para a vida toda e soa como um caráter menos radical, soa mais saboroso e mais fácil de se levar.

MBR: Dois restaurantes bem estabelecidos, livros publicados com sucesso… e agora? O que vêm por aí?

RC: Mais um livro com Dr. Gisela Saviole, sobre gestação, amamentação e desmame e outro restaurante, em São Paulo e talvez em outro estado.

 

Saiba mais sobre o Chef Renato aqui e como entrar em contato para palestras e eventos!