Diga não às dietas da moda!

 

Dietas da moda são normalmente muito restritivas e podem causar danos à sua saúde
Dietas da moda são normalmente muito restritivas e podem causar danos à sua saúde

 

Seja na TV ou em revistas com celebridades do momento na capa, a mídia está sempre promovendo dietas e formas surreais de perder peso. Pode ser a atriz da novela das 8 que comeu somente alimentos vermelhos para entrar no seu jeans favorito e perdeu 15 quilos em 1 mês, ou a modelo do momento que tomou suco de água com limão e pimenta por 30 dias e perdeu toda a gordura que tinha no corpo (inclusive sua sanidade mental). Ouvimos histórias como estas todos os dias!

Dietas da moda vêm e vão constantemente, se renovam e se repetem todos os anos e sempre vai haver uma celebridade promovendo esta ou aquela dieta, prometendo resultados instantâneos. A verdade é que essas dietas ‘relâmpago’ não tem esse apelido por qualquer razão. Elas apresentam riscos à sua saúde e além do mais, muito provavelmente, farão com que o seu peso volte tão rápido quanto foi embora. 

Excluindo grupos alimentares

Quando você limita ou exclui completamente um grupo alimentar inteiro da sua dieta certamente estará comprometendo a sua saúde. Seu corpo não receberá uma quantia balanceada e adequada de nutrientes. Estudos mostram que uma queda em potássio e magnésio, resultado de dietas extremamente restritivas, podem causar arritmias, baixa pressão arterial e esgotamento de sódio no organismo. Lembre-se: alimentos são a fonte de energia que o seu corpo precisa para funcionar. Dê à ele o que necessita.

Confusão metabólica

Dietas extremamente restritivas e que causam o famoso efeito sanfona fazem com que o seu metabolismo entre em choque. Com uma alimentação muito baixa em calorias, o seu organismo deixa de queimar calorias para preservar energia com o intúito de manter as funções básicas do corpo em funcionamento. Isso quer dizer que é muito mais difícil perder peso desta maneira. Mesmo que você se livre de alguns quilos nas primeiras semanas, tão rápido quanto você retorne à sua alimentação normal o peso voltará também.

Efeitos colaterais

Sintomas mais comuns de dietas muito restritivas podem ser: tontura, mudança drástica no humor e cãibras musculares. Muito simplesmente: essas dietas não duram porque não são boas para você ou seu organismo. Mantenha suas porções de comida em tamanho moderado e emagreça sem comprometer a sua saúde.

 

 

Inclua proteína na sua dieta para auxiliar a perda de peso

Proteína é essencial no plano de emagrecimento
Proteína é essencial no plano de emagrecimento

 

Proteína é parte essencial da nossa alimentação e não só auxilia o ganho de massa magra mas também é necessária para manter o seu sistema imunitário forte e saudável. Será que você inclui a quantidade certa e tipo certo de proteína na sua alimentação?

Você toma uma xícara de café com leite no café da manhã, come meia xícara de feijão no almoço e um peito de frango no jantar. Isso deve ser suficiente para tomar conta do que você precisa consumir diariamente de proteína, correto? Na verdade não é bem assim.

Com uma dieta similar a que descrevemos, você provavelmente está consumindo quase a metade do que é recomendável por dia. E se você não está segura de quantas gramas de proteína precisa por dia, o que a maioria de nós não sabe, como podemos ter uma idéia do nosso consumo e se é apropriado?

Em geral, é recomendável que de 10% a 25% das sua calorias diárias sejam provenientes de proteína. Para adultos entre 19 a 70 anos, mulheres geralmente necessitam cerca de 46 gramas de proteína, enquanto homens precisam de cerca de 56 gramas por dia. Tendo dito isso, é importante mencionar que alimentos ricos em proteína normalmente também contém bastante calorias, por isso pode ser difícil manter a quantia de calorias que você deseja em controle e ainda assim consumir o que precisa de proteína diariamente.

Para ter certeza de que você está consumindo a quantidade apropriada de proteína e ainda assim manter o número de calorias sob controle,leia os rótulos de informação nutricional sempre. Planeje o seu dia e suas refeições para garantir que a sua fonte de proteína seja de um alimento saudável. Aqui vão algumas dicas de alimentos que são ricos em proteína e saudáveis:

  • Escolha cortes de carne ‘magros’ ou corte o excesso de gordura antes do consumo ou preparo
  • Use feijão preto ou carioca ao invés de carnes quando possível
  • Prefira leite e derivados com baixo teor de gordura ou desnatado
  • Use claras de ovos ao invés dos ovos inteiros para um prato com menos gordura e calorias
  • Adicione nozes e sementes nos seus lanches, saladas e refeições. Lembre-se de manter essas porções entre 1 colher de sopa e 1/4 de xícara já que tais alimentos também são ricos em gordura.
  • Incorpore fontes vegetarianas de proteína na sua alimentação como o leite e produtos de soja, lentilhas e ervilhas.

Evite cair na cilada de suplementos protéicos, a não ser que você tenha um acompanhamento com personal trainer ou nutricionista. Se você tem uma saúde boa em geral e incorpora os alimentos mencionados acima na sua dieta, pode tranquilamente tomar conta do que necessita da sua cota diária de proteína.

Você consegue manter a dieta em qualquer situação?

Tenha uma dieta à prova de balas! Hoje lhe damos a munição que você precisa para encarar qualquer situação sem arruinar o seu plano de emagrecimento.

Tomar decisões alimentares saudáveis ​​no dia a dia já é um desafio mesmo quando você mesma prepara as suas refeições. O que é ainda mais difícil? Não deslizar e manter a dieta em saídas com os amigos nos fins de semana, festas de aniversário, almoços de negócios, e casamentos, não é verdade?

Seja a sua decisão de manter o seu plano de emagrecimento em segredo ou avisar amigos e família que você deseja fazer mudanças na sua alimentação, qualquer escolha vai apresentar dificuldades! Não importa qual seja a sua situação ou desafio, o importante é saber lidar com isso com facilidade e ainda se divertir.

Viagens nos fins de semana

Prepare-se o melhor que puder antes do tempo. Escolha lanches saudáveis ​​e um pequeno lanche/almoço para a duração da viagem. Permita-se uma indulgência por dia. Pode ser uma taça de vinho ou uma pequena sobremesa depois do jantar. Dessa forma, você ainda vai se sentir como se estivesse comendo o que gosta, porém com certa moderação. Tente se exercitar pelo menos a cada dois dias, fazendo uma caminhada ou exercícios com pesinhos no seu quarto.

Sobrevivendo almoços de negócios

Se você tiver a oportunidade, escolha o lugar onde vai almoçar, selecionando um lugar que você sabe que tem opções mais saudáveis ​​. Pode ser um restaurante de sushi ou um lugar onde você pode obter proteína magra e pratos com verduras. Faça uma pesquisa dos cardápios online e decida antecipadamente o que você vai pedir. Então mantenha o seu plano, coma devagar e tome goles de água entre as garfadas. Se a sua companhia pedir sobremesa, peça um cafezinho ou cappuccino sem gordura para manter a dieta.

Mantendo o controle em festas, casamentos, etc..

Certifique-se de comer um lanchinho saudável e tente incluir um exercício naquele dia. Não chegue na festa com fome, coma uma fruta e uma pequena porção de proteína antes de sair de casa como uma maçã com uma fatia de queijo magro. Isto irá mantê-la saciada, quando confrontada com aperitivos que engordam e álcool durante a festa. Prefira aperitivos com vegetais, beba um copo de água para cada bebida alcoólica que você toma, evite entradas com molhos à base de creme, e se possível escolha peixe para o jantar. Pergunte a si mesmo: “Será que eu realmente preciso de um pedaço de bolo?” Se a resposta for sim, escolha uma pequena fatia, e vá queimar muitas calorias na pista de dança!

Será que você sabe fazer compras?

Propagandas confusas podem tornar as compras um desafio para qualquer um!
Propagandas confusas podem tornar as compras um desafio para qualquer um!

 

Você se considera um consumidor esclarecido? Hoje lhe damos algumas dicas de como fazer compras sem deixar que as distrações e erros comuns aterrorizem a sua missão em comer bem!

Você já deve ter notado que os biscoitos recheados, batatas fritas e sorvete parecem aparecer magicamente no seu carrinho de compras quando você está no supermercado com fome. Sabendo disso você deve se prevenir e comer algo saudável antes de sair às compras. Mas o que mais você poderia fazer para fazer compras mais saudáveis?

Faça compras no fundo do supermercado(!)

A maioria dos supermercados têm seus alimentos mais saudáveis ​​ao redor ou aos fundos dos corredores, pense onde estão as frutas, legumes, carnes, peixe e parte de derivados do leite.
Ao encher o seu carrinho com alimentos saudáveis​​, frescos, naturalmente você vai evitar os alimentos industrializados, lanchinhos doces e salgados e a comida enlatada.

Mantenha o foco

Prepare uma lista de compras antes de sair de casa e mantenha o foco somente na lista! Essa lista não só torna as suas compras mais rápidas e menos estressante, mas aderindo à ela significa que você vai ser menos propensa a comprar por impulso opções não tão saudáveis. E é melhor ainda já planejado suas refeições e lanches para toda a semana com antecedência.

Evite comprar o 2 por 1

Infelizmente, muitas vezes o que é barato sai caro. Alguns cortes de carnes mais ricos em gordura, lanchinhos ricos em gordura e açúcar, bebidas açucaradas e outros alimentos não essenciais normalmente estão em promoção e com preços bem atraentes. Pese o custo e benefício quanto à esses alimentos e a sua saúde e peso, você provavelmente vai descobrir que a sua saúde é mais importante para você.

Faça das compras um treino físico

Sua viagem ao supermercado pode realmente adicionar tempo ao seu exercício semanal. Leve uma cesta em vez de empurrar um carrinho para dar seu tríceps e bíceps um treino, estacione o seu carro no ponto mais distante do estacionamento, ou ande rapidamente ao redor da loja, em vez de dar passos de tartaruga durante as compras. Cada movimento conta um pouco!

Deixe a companhia em casa

Finalmente, se você sabe que os seus filhos, namorado, esposo ou ‘rolo’, ou seus amigos irão apitar no que é adicionado na sua cesta de compras, faça compras sozinha. Você vai descobrir que demora menos tempo,e vai acabar com a compra que você deseja. Eles podem ajudá-la a descarregar as compras em casa!

Seja inteligente ao estabelecer metas!

Será que as suas metas são realistas?
Será que as suas metas são realistas?

Se perguntando porque o seu plano de dieta ou exercícios sempre falha? Você é vítima do efeito sanfona constantemente? Talvez a maneira como você traça os seus objetivos seja árdua demais, o que leva a deslizes e eventualmente a desistência. Aprenda como mudar isso.

Embora seu objetivo final é a perda de peso, a criação de uma série de mini-metas é uma ótima maneira de chegar lá. Elas irão ajudá- la a identificar e mudar os comportamentos que você precisa para ter sucesso à longo prazo!

Como estabelecer uma meta inteligente

Comece com uma ação mensurável que você tenha certo controle em atingir. Em vez de: “Eu quero perder peso”, tente: “Eu quero ser mais ativa. ”

Decida especificamente o que fazer, por exemplo, ” Toda manhã, às 07:00, eu vou praticar o meu vídeo de treino favorito.” (caso você queira seguir um DVD de treinamento físico em casa mesmo)

Você está confiante de que possa concluir essas metas? Se a resposta for não, reavalie e mude para um objetivo mais realista.

Verifique se a sua mini- meta faz sentido com o objetivo geral de perda de peso. Enquanto eliminar o chocolate da sua dieta é realmente um grande objetivo, se você já não come muito chocolate desde já, essa mini- meta não terá muito impacto sobre a sua perda de peso. Escolha algo que realmente vai fazer diferença.

Depois de tentar  atingir a sua meta por um período de tempo (uma semana ou mais), avalie como o seu plano está indo. Mude e ajuste de modo que você possa manter e alcançar o seu objetivo.

Por que essa estratégia

Ao ajustar o seu comportamento através de pequenas metas, você será capaz de se concentrar em pequenas mudanças à curto prazo, mudanças que levarão à outras mudanças de longo prazo, com resultados visíveis. Lembre-se, perder peso é uma maratona, não uma 5K. Cada passo você dá te leva mais perto da linha de chegada.

Coma devagar!

Coma com uma mão para baixo! 😉

eat fast
É assim que você se alimenta na maioria dos dias?

 

Estudos mostram que calma na mesa de jantar nos ajuda a perder peso, mas quem tem o auto-controle para isso? Em vez de tentar se esforçar em comer mais devagar, tente comer com a mão que não seja a dominante. Canhotos, faça o oposto.

Se você está comendo com as mãos (algo como um sanduíche) tente colocar sua mão dominante no bolso durante toda a refeição. Pegue sua comida e sua bebida apenas com a mão dominante.

Para adicionar um pouco mais de dificuldade, tente trocar seus utensílios. No entanto, se você está acostumada a fazê-lo dessa maneira, reverta-os.

Além de potencialmente poder causar uma grande bagunça, esse exercício pode realmente forçá-la a ir mais devagar nas refeições e emagrecer. Com o ritmo mais lento, o estômago tem mais tempo para dizer ao seu cérebro que está cheio.

Mais uma vantagem?  Você também vai desenvolver uma maior destreza com a mão não-dominante, algo que alguns dizem que aumenta a função cerebral.

Pode não ser fácil, mas é muito mais fácil do que queimar as calorias ingeridas em excesso 😉

Calorias VS Grupos Alimentares: o que realmente importa?

Como você lida com os nutrientes na sua dieta? Já ouviu falar do conceito de Volumetria? Aprenda mais a respeito disso:

Exemplo de uma tabela nutricional
Exemplo de uma tabela nutricional

 

Alguns programas de perda de peso fazem com que você fique obcecada com certos nutrientes ou grupos alimentares (por exemplo, gorduras, carboidratos, proteínas). Você já deve ter notado que ContarCalorias não faz isso, e nós sabemos que pode ser bastante confuso para os membros que experimentaram outras dietas no passado.

Por que prestamos tão pouca atenção à diferença entre carboidratos e gorduras ? Quando se trata de perda de peso, macronutrientes ou grupos alimentares simplesmente não são o fator mais importante a se considerar. Ao encher você com cálculos complicados de fórmulas e macronutrientes, outras dietas podem ser quase impossíveis de seguir. Isso simplesmente toma muito tempo e coloca muitas limitações em suas refeições.

Em vez disso, o ContarCalorias se concentra na densidade calórica dos alimentos, ou o conceito de Volumetria comprovado de que você pode comer menos calorias sem passar fome. Você simplesmente tem que comer calorias que lhe fornecem mais saciedade.

Ironicamente, grupos alimentares desempenham um certo papel e efeito na maneira como os alimentos nos satisfazem. Nós só não achamos que você tem que entender todas as diferenças entre os macronutrientes para perder peso. (Confira o desafio de hoje para ver os dois números mais importantes para você)

Vamos discutir os nutrientes mais à fundo à medida em que avançamos no seu programa, mas se você estiver interessado, aqui estão algumas curiosidades para manter o foco e entender melhor:

– Sempre ouvimos que todos os carboidratos são ruins, mas a fibra é um carboidrato e  na verdade nos ajuda a se sentir mais cheias (ou satisfeitas). Só não se esqueça de comer grãos integrais, que não sejam refinados ou industrializados como o pão branco por exemplo.

– A gordura tem 9 calorias por grama, e é por isso que alimentos ricos em gordura são tão altamente calóricos.

– Carboidratos e proteínas têm 4 calorias por grama, enquanto o álcool tem 7 calorias por grama.

Será que o seu metabolismo decide o quanto você pode emagrecer?

Desvendando os mistérios do famoso ‘metabolismo lento’! 

metabolism

 

 

Todos nós já ouvimos dizer que o metabolismo, especialmente se for lento, pode prejudicar suas metas de perda de peso.

Mas, enquanto os verdadeiros distúrbios metabólicos (como hipertireoidismo e diabetes) podem ser um problema médico sério e podem influenciar a sua capacidade em perder peso, o bom e velho ditado do “metabolismo lento” provavelmente não está afetando a sua habilidade em emagrecer.

Então, o que é o metabolismo?

Metabolismo é o processo pelo qual o corpo converte alimentos e bebidas em energia. Sua taxa metabólica basal (TMB ) é o número de calorias que seu corpo usa para funções básicas como a respiração  e reparação celular. Isto é o que algumas pessoas se referem quando dizem que têm um “metabolismo lento”.

Existem alguns fatores que afetam o metabolismo, mesmo para pessoas saudáveis. Homens, por exemplo, têm mais massa muscular do que gordura corporal. Por isso, eles sempre irão queimar mais calorias em repouso e têm um metabolismo mais “rápido” do que as mulheres (rrrrrr!!!). Pessoas que são mais pesadas ​​ou que possuem mais massa muscular irão queimar mais calorias também. Adultos mais jovens têm uma taxa metabólica mais alta do que os mais velhos.

O que é que isso significa para mim?

A realidade é que, essas diferenças entre sexo, idade e tamanho são relativamente compatíveis em toda a população. Embora possa parecer inicialmente desanimador que você não pode simplesmente culpar seu metabolismo quanto aos sacrifícios do processo de emagrecimento, isso é realmente uma coisa boa! Isso significa que perder peso não deve ser mais difícil para você do que para qualquer outra pessoa que é da sua idade e sexo.

Se você tem um estado de saúde bom no geral, médicos dizem que existem poucas chances de que o seu metabolismo seja o culpado pela sua dificuldade em perder peso. É mais provável de que a ingestão de muitas calorias, muito pouco exercício, ou certos medicamentos possam estar causando essa dificuldade.

Razões para se preocupar

Se você sempre seguiu uma dieta baixa em calorias e aumentou o seu nível de atividade física mas os quilos não estão baixando (por um período ou tempo prolongado), você pode ter um motivo para se preocupar, por isso consulte o seu médico.

O que fazer quando você ganha peso

Não pense que isso só acontece com você, ou que você não está se dedicando de forma correta ou suficiente no seu plano de emagrecimento. Entenda porque ganhar peso, mesmo durante uma dieta, é muito comum e acontece com a maioria das pessoas.

what_to_do

Ganhou um pouco de peso e está se se sentindo para baixo ? Lembre-se, você está lutando contra a mãe natureza , por isso não vai ser fácil.

Como seu corpo lida com o peso?

O seu corpo é programado para manter o máximo de gordura possível.  Tão recentemente quanto há cerca de 500 anos, os seres humanos tiveram que se contentar com apenas algumas grandes refeições, seguidas por longos períodos de jejum. Seu corpo é perfeitamente adequado para estas condições. Infelizmente, com lanchonetes em cada esquina , um mecanismo tão surpreendente se torna um pouco passivo. Seu corpo ainda não se adaptou à essas condições.

Perder peso é difícil …

Uma forma simples de explicar este conceito é esta: quando você ganha peso, seu corpo faz com que novas células de gordura sejam produzidas. Uma vez formadas, essas células de gordura ficam constantemente insaciáveis e implorando por mais alimentos para preenchê-las. Então, perder peso é muito mais difícil do que ganhá-lo (se você está curiosa, o nome para isso é a teoria lipostática de perda de peso) .

… Mas não impossível !

Isso não significa que a perda de peso é impossível, só que para conseguir você tem que superar os desejos naturais do seu corpo. E isso não é fácil, requer tempo e dedicação. Portanto, não desista , redobre seus esforços, e você vai ver os resultados, nós prometemos!

5 maneiras de dar um gás na sua motivação!

Que tal dicas de como se manter focada? Leia adiante como é possível evitar deslizes e chegar onde você quer com o seu corpo e saúde! 

Acontece nas melhores famílias, as bolachinhas recheadas chamam o seu nome, e o sono acaba tendo prioridade quando você planeja um treino de manhã. Quando você se vê nesta batalha diária, entre o anjo bonzinho do lado direito no seu ombro, e o diabinho pronto pra te dizer ‘vai nessa!’, lembre-se de que existem maneiras de aumentar a sua força de vontade.

Comece aos poucos

Faça pequenas mudanças, sejam elas à respeito da sua alimentação ou adicionando cinco minutos no seu treino, assim você melhora a sua força de vontade no geral. Estudos mostram que começando aos poucos pode aumentar sua força de vontade para assumir desafios maiores durante o seu plano.

Continue reading 5 maneiras de dar um gás na sua motivação!