150415 Blog

Peso Saudável: O IMC e os outros números são realmente importantes?

Se preocupar com seus números em uma escala de peso só piora as coisas. Conseguir chegar a um peso saudável é um dos maiores paradoxos do momento. Se você quiser realmente alcançar um peso saudável, é melhor você esquecer o seu peso – especialmente os números associados.

Infelizmente, o oposto é verdadeiro nos dias de hoje. Parece que quase todo mundo se preocupa com:
– o número na escala
– quantas calorias comem
– se estão fazendo bastante exercício para queimar as calorias recomendadas
– quantos carboidratos já consumiram
– o índice de massa corporal (IMC)
– os números que conseguem simplesmente chegar perto da imagem idealizada de beleza.

Não é nenhum mistério sobre essa preocupação. O peso da nação é o foco de inúmeras histórias da mídia. Quando você vai ao consultório médico, e descobrir que está “acima do peso” ou “obeso” segundo a faixa do IMC, é provável que você seja designado a perder peso, se você quiser ficar bem – mesmo que você acabou de enfrentar uma sinusite (história verídica).

A verdade sobre o IMC

Especialistas nesta área reconhecem que julgar a saúde de uma pessoa com base no IMC é altamente falho.

Uma revisão de 97 estudos que analisou uma amostra combinada de 2,88 milhões de pessoas mostrou que aqueles que se enquadram na categoria “acima do peso” do IMC são, na verdade, a categoria de mais longa duração. (1)

Pesos que se enquadram na faixa “obeso” de 30 a 34,9 não estão associados a um maior risco a ter doenças do que quem se encontra com menor peso corporal.

O IMC também não leva em conta a quantidade de músculos que uma pessoa tem sobre o seu corpo, quando comparado com a quantidade de gordura.

De acordo com o IMC, algumas celebridades ilustres, como Tom Cruise e Brad Pitt são muito pesados.

A perseguição com a perda de peso

Se manter focado de forma desesperada por perder peso pode conduzir a um agravamento da saúde e aumentar o ganho de peso. O problema é que na tentativa de perder peso, a saúde se perde no processo, na maioria das vezes.

Considere estas situações que comumente ocorrem:

– Julia, 19 anos, está “acima do peso” na escala do IMC. Seu médico incentiva-a a perder alguns quilos, para manter a sua saúde, mesmo que ela esteja perfeitamente saudável de acordo com outras medidas médicas. Ela começa uma dieta que restringe carboidratos e perde alguns quilos. Mas ao longo dos próximos meses, ela começa a sentir muitos desejos com consumir carboidratos em todos os momentos e começa a comer qualquer um que ela possa encontrar durante a noite. Ela ganha mais peso do que ela perdeu, e começa outra dieta restritiva. Começa então uma batalha ao longo da vida com o peso, e essa é uma batalha que normalmente cria problemas de saúde.

– Sônia, 49 anos, é diagnosticada como pré-diabética. O médico diz a ela para perder peso. Para que isso aconteça, ela começa a comer de forma mais saudável e fazer exercícios regularmente, mas a escala não se move. Parece que essas mudanças de estilo de vida não impactam o seu peso, então por que se preocupar?

Ironicamente, se a intenção é se tornar mais saudável, o foco no peso geralmente tem o efeito contrário, porque a saúde e um peso saudável não são dependentes de números arbitrários. Eles são baseados em como uma pessoa se sente e outras medidas são usadas para saber sobre a sua saúde, tais como níveis de pressão arterial, açúcar, colesterol e mais.

Em última análise, o que sentimos é provavelmente nossa melhor medida individual de bem-estar. E isso é um grande bônus porque se as mudanças que fazemos nos ajudam a se sentir melhor, estamos mais propensos a continuar com nossos esforços.

Alterações que verdadeiramente vão ajudar você a se sentir saudável

– Descubra a comida que você gosta que faça você se sentir bem e que faça você se sentir bem depois de comê-la.

– A atividade física que conecta você ao prazer que pode ser encontrado em mover o corpo regularmente.

– A paz de espírito que vem pelo prazer de viver uma vida bem vivida, não por causa de um número em uma escala ou pelo tamanho de sua roupa, é a sua melhor base para a saúde e para a felicidade.

Leave a Reply

Your email address will not be published.