Outros Benefícios dos Exercícios

Nós todos sabemos que o exercício é bom para nós. Mas você sabe o quão bom ele é? Vai além das vantagens físicas, pois o exercício proporciona uma infinidade de benefícios para o seu corpo e sua mente.

O exercício contribui com a saúde e combate as doenças

A atividade física regular pode diminuir o risco de doenças cardíacas, diabetes, derrame, artrite, hipertensão arterial, e certos tipos de câncer. Você não tem de participar de um triatlon para colher os benefícios do exercício físico. De acordo com a Harvard School of Public Health, uma caminhada de 30 minutos, cinco dias por semana é tudo o que precisamos para ajudar a combater as doença.

Melhora o humor

Está se sentindo preso ou pouco criativo? Tente fazer uma caminhada rápida. A atividade física pode melhorar imediatamente o seu estado de espírito, incentivando o lançamento de vários produtos químicos vindos do seu cérebro que irão promover felicidade e relaxamento. O exercício também tem a capacidade de aumentar a auto-estima, mesmo antes de mudanças físicas serem notadas no corpo. Está precisando de mais provas? Estudos têm demonstrado que a prática de exercícios em ambientes externos tem um efeito ainda maior em aumentar a auto-confiança do que os treinos em ambientes fechados.

Continue reading Outros Benefícios dos Exercícios

Quanto cardio é preciso fazer para perder peso?

Ser obeso hoje em dia pode sair muito caro. Pense em custos com cuidado médico e medicamentos das tantas doenças causadas pela obesidade. Se o preço dessa tragédia não te incomoda pense no aspecto da sua saúde e qualidade de vida. Vale a pena? Vamos concordar que não? Existe uma saída, o resultado pode não acontecer de uma hora pra outra mas com consistência e persistência chegamos lá. Para perder peso, você precisa queimar calorias, e praticar cardio na maioria dos dias da semana pode ser muito eficiente em lhe ajudar nessa tarefa.

Frequência

Quanto cardio é necessário para perder peso depende do seu ponto de partida. A meta é de se exercitar na maioria dos dias da semana, se não todos os dias. Mas você não tem que começar a se exercitar sete dias por semana. Comece devagar e você vai ver o progresso. Comece com três dias por semana, em dias não consecutivos. Faça isso por uma ou duas semanas e em seguida adicione um quarto dia. Tente fazer isso por duas semanas, em seguida, adicione um quinto dia. Isso permitirá que o seu corpo se acostume com a nova rotina de exercícios, e irá ajudá-la a evitar lesões, promovendo a perda de peso.

Intensidade

Você pode conhecer alguém que treine todos os dias, mas que parece nunca perder peso. Talvez a intensidade do exercício não esteja sendo suficiente para garantir a perda de peso. Intensidade de uma atividade refere-se à quanto esforço físico você precisa fazer para se exercitar. Para perder peso, a sua intensidade durante cardio deve ser de moderada a alta. Uma maneira fácil de se monitorar, sem qualquer equipamento é observando a sua respiração. Se você é capaz de cantar ou levar uma conversa sem perder o fôlego durante a atividade física mas ainda está exercendo grande esforço físico sobre o seu corpo, esta é a intensidade ideal para treinar.

Duração

Um treino de cardio ideal deve acumular pelo menos de 250 e 420 minutos por semana, para uma perda de peso significativa, de acordo com o Dr. Len Kravitz, da Universidade do Novo México. Mas, assim como a frequência dos seus treinos, construa esse montante de horas de forma gradual. Se você é obeso, mesmo 10 minutos de cardio pode ser um desafio. Então, comece com 10 minutos, mas tente fazer isso duas ou três vezes durante o dia durante a primeira semana. Na semana seguinte, tente se exercitar 11 ou 12 minutos por vez. Continue dessa maneira até que suas sessões de exercício sejam de cerca de 50 a 60 minutos cada, de 5-7 dias por semana.

Dicas e Considerações

Andar a pé é uma ótima maneira de começar, pois não requer nenhum equipamento que não seja um bom par de sapatos. Se você participar de uma academia, você terá ainda mais opções para evitar o tédio, e pode desafiar o seu corpo e evitar um platô de perda de peso. Experimente coisas novas, e não tenha medo de pedir a ajuda de um treinador no clube. Tenha como meta uma perda de peso lenta porém constante, cerca de 1 a 2 quilos por semana. Você pode perder o peso, se você for persistente e consistente.

Dê um gás no seu metabolismo com cardio!

Cardio

Seja correndo vários quilômetros por dia, fazendo spinning na academia toda semana ou subindo e descendo escadas, tudo isso está trabalhando o seu sistema cardiovascular. Mas além de uma camiseta suada, o que mais você está adquirindo de benefícios praticando o cardio? Uma barriga mais sequinha? Quilos à menos? Será que você está se exercitando a quantidade certa de tempo para colher todos os benefícios de saúde que o cardio pode lhe dar?

Hoje exploramos algumas dúvidas comuns à respeito de cardio e como você pode tirar o máximo de vantagem do seu treino.

 

Cardio: colocando o coração pra suar 

O exercício cardiovascular é qualquer tipo de exercício que aumenta o trabalho do coração e dos pulmões. Caminhar, correr e andar de bicicleta são algumas formas comuns de exercício cardiovascular ou aeróbico.

De corrida e caminhada, natação, elíptica cross-training, ciclismo e remo, somente citando alguns exemplos, os benefícios físicos da práticas desses exercícios de cardio são abundantes diz Len Kravitz, PhD, fisiologista sênior para IDEA Associação de Health and Fitness. Alguns benefícios incluem:

Redução do risco de doença cardíaca
Melhoria dos níveis de colesterol no sangue e de triglicérides
Melhoria da função cardíaca
Redução do risco de osteoporose
Massa muscular melhorada
Melhoria no metabolismo

“O Colégio Americano de Medicina do Esporte e do CDC recomenda, para uma boa saúde, que adultos pratiquem 30 minutos de atividade física de intensidade moderada na maioria dos dias da semana”, diz Kravitz, que também é coordenador do Departamento de Ciência do Exercício da Universidade de Novo México. “E, para melhorar a resistência cardiovascular, eles recomendam 20 a 60 minutos de exercícios cardio, de três a cinco dias por semana.”

Agora que você sabe os benefícios em praticar cardio, como começar o seu plano de fitness?

Entre na Zona de queima de gordura 

Para ajudá-lo a tirar o máximo proveito do seu treino de cardio, ajudar o seu coração, aumentar a massa muscular e perder gordura lhe damos algumas dicas.

Para colher todos os benefícios de um treino de cardio, você deve manter o seu treino por ao menos 20 minutos ou mais, o ideal são 30 minutos, em uma programação de cerca de três a quatro vezes por semana.

Mas a técnica não para por aí, é preciso para chegar na zona certa de batimento cardíaco para tirar o melhor proveito do seu treino, que se calcula em calorias e queima de gordura.

A melhor maneira de descobrir se você está queimando a gordura é checando o seu batimento cardíaco no meio do treino e por seis segundos. Adicione um zero ao número que você observar. Este número é a sua frequência cardíaca por minuto.

Em seguida, calcule a sua ‘zona’

Use o número 220, menos a sua idade, em seguida, calcule 70% desse número para achar o número alvo de batidas cardíacas por minuto. Se a sua frequência cardíaca subir acima da marca de 70%, baixe um pouco a intensidade do seu treino, e se estiver abaixo, aperte o passo um pouco mais.

Não é muito boa em matemática? Existem outras maneiras de descobrir a sua zona sem usar uma calculadora.

Você pode simplesmente fazer o teste do discurso: enquanto você está fazendo o exercício aeróbico ou cardio, tente falar uma frase completa. Se você está perdendo o fôlego para terminar a frase você está exagerando, ou se está muito fácil de sair tagarelando, dê uma acelerada! 😉

5 dicas simples de fitness que ajudam de verdade

fitness_tips

 

Não é a grande maioria da população que pratica pelo menos 30 minutos de exercício por dia, e algumas das razões são compreensíveis. Planejar treinos na sua agenda já abarrotada de compromissos com a rotina do dia a dia por si só já é uma maratona. Mas existem maneiras de driblar esse corre corre e  implementar estratégias de fitness simples e eficazes para te ajudar com essa angústia e te dar uma vida mais saudável, mais feliz. Se você está contemplando iniciar mudanças no seu estilo de vida considerar estas dicas simples de fitness de hoje:

1. Dê valor à Variedade

Monotonia é um grande inimigo da sua rotina de treino, e seus efeitos não são meramente emocionais. Se você só executar os mesmos exercícios e não exigir nada de novo do seu corpo, ele acabará por se adaptar a equilibrar as exigências físicas mais difíceis. Se você se movimenta continuamente a mesma distância e ritmo, por exemplo, a atividade vai se tornar mais fácil e seu corpo vai se beneficiar menos. Para adicionar variedade para seus treinos, misture treinamento com peso, aumentando número de repetições ao usar pesos mais leves ou faça menos repetições com pesos mais pesados. Você também pode comprometer-se a tentar um novo exercício a cada poucas semanas ou exercício em diferentes ambientes, como uma academia, ao ar livre ou em um estúdio de yoga.

2. Põe um som na caixa

Se você costuma se exercitar em silêncio e se pega contando os minutos para acabar o treino, desvie a atenção dos seus músculos para os seus ouvidos. Música aumenta os níveis de energia, motivação e esforço durante atividades de resistência repetitivas, de acordo com um relatório publicado na Revista Internacional de Psicologia de Esporte e Exercício em dezembro de 2011. Ouça música, um podcast ou um livro de áudio, o que também pode reduzir a ansiedade emocional comum em pessoas apenas começando a treinar ou voltando depois de muito tempo parados.

3. Tome várias!

Água faz mais do que matar a sede. Hidratação adequada é fundamental para um regime de exercícios saudável. Tomar uma quantia adequada de água antes de atividades físicas permite que o seu corpo tenha um melhor desempenho, evitando a desidratação, hiperhidratação, lesões musculares e doenças provocadas pelo calor. Enquanto não há nenhuma quantidade específica de água que funcione para todos, sinais como urina clara quase transparente e ausência de sede são indicações de que você está bebendo o suficiente.

4. Não evite carboidratos

Os carboidratos são a principal fonte de combustível para seus músculos, cérebro e corpo, e quando você restringe esse importante macronutriente, isso pode cavai muito baixo pode causar fuga de energia e fadiga. Se você pratica exercícios de nível moderado, a sua dieta deve consistir de 40 a 50 por cento de carboidratos. Evite comer logo antes do cardio para não ter cólicas, porém incorpore fontes de carboidrato complexo na sua alimetação como cereais integrais, lentilhas e batata. Dessa maneira você permite que seus músculos armazenem glicose para uso posterior como combustível. Comer um lanche equilibrado ou refeição contendo carboidratos, proteínas e gordura após intensa atividade ajuda o seu corpo a se recuperar bem e evitar a baixa de açúcar no sangue e fadiga.

5. Experimente treinos de HIIT 

Para adicionar diversão e variedade à sua rotina de treino, sem acrescentar tempo, experimente treinamento intervalado de alta intensidade (conhecido como HIIT). Você essencialmente se exercita em uma alta intensidade física por períodos curtos com pausas entre eles.Você pode incorporar HIIT em qualquer lugar, e na maioria das vezes você nem precisa de nenhum equipamento.Tente corrida, pular corda ou qualquer outra atividade que você possa fazer por um a três minutos intensamente, então pare e deixe a sua freqüência cardíaca mais baixa por cerca de dois minutos. Para um treino intenso, repita este ciclo de três a quatro vezes.

Você pratica o treino funcional?

Já ouviu falar do treino funcional? Sabe como ele funciona no seu corpo? Será que essa é uma boa opção para você? Descubra agora!

 

Ontem você teve um ótimo treino na academia. Você está mais forte do que nunca, e puxa peso suficiente na máquina de remo sentada para entrar na equipe olímpica. Porém hoje você levanta uma mala de 30 quilos e trava as suas costas de uma maneira terrível. O que aconteceu? Muito provavelmene você não está prestando atenção suficiente na sua aptidão funcional. Aptidão funcional e treino funcional são as últimas modas nas academias. Eles se concentram na construção de um corpo capaz de fazer as atividades da vida real em posições da vida real, e não apenas levantar uma certa quantidade de peso em uma postura idealizada criada por um equipamento de academia.

Continue reading Você pratica o treino funcional?

30 curiosodades fitness que você precisa saber!

Aqui estão 30 curiosidades fitness e palavras para te inspirar.  Esses dizeres vão mudar a maneira que você pensa sobre o seu estilo de vida de fitness.

Curiosidades Fitness
Curiosidades Fitness

 

1. Os hidratos de carbono, proteínas, gordura e álcool tem 4 , 4, 9 e 7 calorias por grama, respectivamente.

2. É necessário queimar cerca de 3,500 calorias para perder 1 quilo.

3. O glicogênio muscular é de cerca de 3 partes de água para cada parte de glicose.

4. Você queima mais calorias durante as 23 horas em que você não se exercita do que durante a uma hora que você faz.

5. Você não precisa fazer exercícios aeróbicos para perder peso.

6. Você nunca é velha demais para fazer agachamentos.

7. A perda de peso não é um desafio físico, e sim mental.

8. A balança não mede o percentual de gordura corporal.

9. Massa muscular não pesa mais que gordura – é apenas mais densa do que ela.

10. Quando uma embalagem diz zero gramas de gordura, isso nem sempre significa que não há gordura no produto.

11. Pães integrais podem ser altamente industrializados​​- escolha um que tenha poucos ingredientes.

12. Alimentação saudável não é mais cara do que uma dieta de fast-food.

13. Só porque uma embalagem diz  ” grãos integrais ” isso não torna o produto saudável.

14. Você nunca deve tentar perder peso colocando em risco a sua saúde.

15. Ser vegetariano não significa apenas que você não come carne, significa que você segue uma dieta baseada em vegetais.

16. Cozinhar um alimento pode não só baixar a sua concentração de nutrientes quanto fazê-lo menos biodisponível.

17. Existe uma forte correlação entre o nível de aptidão das pessoas próximas a você, e sua própria condição física.

18. É mais difícil ganhar 10 quilos de músculo do que perder 10 quilos de gordura.

19. Quando você se torna um adulto, suas células de gordura podem ser criadas, mas nunca perdidas, apenas encolhidas.

20. Comer à noite não faz você engordar,comer demais faz.

21. Ser magro não significa automaticamente que você tenha pouca gordura corporal.

22. Se você tem alimentos que não são saudáveis na sua despensa e geladeira, você estará mais propensos a comê-los.

23. Produção de hormônio da tiróide e intensidade do exercício são correlacionados positivamente.

24. A menos que você pese menos de 50 quilos, é improvável que você precise de menos de 1,000 calorias para perder peso.

25. 80% das pessoas que começam um programa de exercícios irá desistir.

26. Desidratação de um músculo em 3% pode provocar uma perda de 10% de força .

27. Quanto mais massa muscular você tiver, mais calorias você queima em repouso.

28. Abdominais não são necessários para obter uma barriga chapada.

29. Você pode perder peso e ainda ganhar massa muscular, da mesma maneira que você também pode ganhar peso e ainda perder gordura.

30. A consistência e a paciência são fundamentais para a perda de peso bem sucedida.

Dicas de como tornar a prática de exercícios um hábito!

Para muitas pessoas manter o hábito de se exercitar é muito difícil. Porém existem algumas maneiras (truques que revelamos para você!), de superar este obstáculo. Acompanhe no blog de hoje dicas para você conquistar o corpo que sempre quis.

Faça dos exercícios um hábito prazeroso!
Faça dos exercícios um hábito prazeroso!

 

Às vezes é apenas necessário um certo esforço, ou ser criativa para descobrir o que você realmente gosta e não gosta de fazer em questão de exercícios. Odeio correr? Participe de um grupo de caminhada ou ande de bicicleta, ou experimente um novo esporte, como o crossfit em vez disso. Não pode ir à academia? Leve o seu treino ao ar livre no verão, e faça parte de grupos de caminhadas no inverno. Essas dicas ainda não valem pra você? Veja outras opções que você tem:

Envolva seus amigos no seu plano

Em vez de entrar em uma academia e ter que pagar mensalidades, muitas pessoas organizam viagens que incluem atividades físicas e exercícios para torná-las mais divertidas. Às vezes é possível fazê-lo mesmo onde você mora, surfar, fazer trilhas, andar de caiaque são apenas algumas opções. O importante é estar em grupo e espalhar a motivação para fazer dos exercícios um hábito. Seja algumas vezes na semana ou no fim de semana, o importante é ser consistente e com o tempo aumentar a frequência da atividade.

Experimente novos equipamentos ou aulas

Experimentar aulas de treinos novos ou diferentes pode ser o que você precisa para encontrar motivação em se exercitar com mais frequência. Que tal uma aula de crossfit? Esse tipo de atividade é diferente de tudo que você já viu anteriormente. Prefere malhar sozinha? Se aventure em uma aula aeróbica ou de exercícios localizados para ter uma experiência totalmente nova. A novidade de fazer algo inesperado ajuda a aliviar stress do cotidiano e é uma ótima maneira para trabalhar os músculos que normalmente não são movimentados.

Defina um prazo para atingir a sua meta

Defina uma data em que você vai alcançar seu objetivo. Escolha um prazo que seja razoável e realista com os seus planos. Escreva seu objetivo e o prazo em um pedaço de papel e coloque em algum lugar onde você possa ver várias vezes ao dia. Um bom lugar seria em seu criado-mudo, ou em um calendário no seu trabalho. Ver a sua meta logo ao acordar e antes de ir para a cama ou durante o dia no trabalho funcionará como um lembrete constante de seu objetivo.

Recompense-se

Dê a si mesmo algo para se motivar, uma ou duas vezes por semana, uma vez que você terminar o treino, como uma noite descontraída assitindo um filme e um copo de vinho. Acompanhe os seus resultados e quando atingir um maior objetivo de fitness, dê-se uma recompensa maior como um dia no spa, uma massagem ou tratamento de estética.

Saiba o que você gosta

Pense bem sobre quais os tipos de atividades que você gosta e onde você gostaria de melhorar e desenvolva um plano de exercícios de acordo com a sua preferência. A maioria das pessoas que não gostam de exercícios ou tem dificuldade em manter um plano consistente caem na monotonia porque não gostam do que fazem. Mas uma vez que você encontra uma rotina ou atividade que realmente gosta, essas atividades começam lentamente a ficar mais fácil e você vai começar a divertir-se mais e mais, tanto durante o treino quanto no seu dia-a-dia.

Como você faz os seus treinos mais divertidos ou pelo menos suportáveis? Compartilhe suas próprias estratégias e sugestões abaixo!

Os exercícios podem lhe trazer muito mais do que um corpo bonito

pilates

 

Muitas pessoas vão à academia para ganhar músculos e claro obter um corpo bonito. Mas você sabe que exercícios, especialmente ao ar livre podem trazer muitos mais benefícios além do corpinho dos seus sonhos? Atividade física pode estimular o funcionamento do cérebro independentemente da sua idade ou nível de condicionamento físico. Inspire-se hoje mesmo aprendendo sobre formas inesperadas que podem beneficiar a saúde mental e te ajudar a levar a uma vida mais saudável e feliz em geral.

Redução de estresse

Dia difícil no escritório? Dê um passeio ou vá para a academia para um treino rápido. Um dos benefícios mentais mais comuns de praticar exercícios é o alívio do estresse . Dar uma suada pode ajudar a controlar o estresse físico e mental. O exercício também aumenta a concentração de noradrenalina, uma substância química que pode moderar a resposta do cérebro ao estresse. Então vá em frente e sue a camisa-malhar ao ar livre pode reduzir o estresse e aumentar a capacidade do organismo de como lida com a tensão mental existente.

Auxilia na produção de substâncias químicas da felicidade

Praticar exercícios árduos ou treinos de intensidade maior do que você está acostumada pode ser difícil, mas vale a pena o esforço! O exercício libera endorfinas, substâncias químicas que criam sentimentos de felicidade e euforia. Estudos têm demonstrado que o exercício pode até aliviar os sintomas entre indivíduos clinicamente deprimidos. Por esta razão, muitos médicos recomendam que as pessoas que sofrem de depressão ou ansiedade pratiquem exercícios físicos com frequência. Em alguns casos o exercício pode ser tão eficaz quanto pílulas antidepressivas no tratamento da depressão. Não se preocupe se você não é exatamente um marombeiro, você pode obter ótimos resultados mesmo malhando por apenas 30 minutos algumas vezes por semana.

Melhorar a auto-estima

Use a esteira para melhorar não só o seu visual mas, mais importante ainda, se sentir linda por dentro. Mesmo praticando exercícios em um nível muito básico pode aumentar não só auto -estima como lhe fazer sentir melhor a respeito da sua aparência e como você se vê no círculo social. Independentemente do seu peso, tamanho, sexo ou idade, o exercício pode elevar rapidamente a percepção que uma pessoa tem do seu poder de atração,ou seja, auto-estima.

Aliviar a ansiedade

Qual é melhor maneira de aliviar a ansiedade: um banho de espuma quente ou uma corrida de 20 minutos? Você pode se surpreender com a resposta. As substâncias químicas liberadas durante e após o exercício podem ajudar as pessoas com transtornos de ansiedade se acalmarem. Usar a esteira por alguns minutos ou praticar exercícios de moderada a alta intensidade aeróbica podem reduzir a sensibilidade à ansiedade.

Aumentar a capacidade intelectual

Vários estudos científicos têm mostrado que exercícios cardiovasculares podem criar novas células cerebrais e melhorar o desempenho do cérebro em geral. Estudos sugerem que um treino de alta intensidade aumenta os níveis de uma proteína derivada do cérebro (conhecida como BDNF) no corpo, que acredita-se se responsável por nos ajudar a tomar decisões, o pensamento mais elevado de aprendizagem.

Afiar a memória

A atividade física regular aumenta a memória e a capacidade de aprender coisas novas. Exercícios físicos aumentam a produção de células no hipocampo responsáveis ​​pela memória e aprendizagem. Por isso, malhar ao ar livre pode melhorar e expandir a capacidade de memória entre adultos e isso foi provado através de estudos que mostraram atletas com uma melhor retenção de vocabulário quando comparada a outros adultos de vida sedentária.

Ajuda no controle de certos vícios

O cérebro libera dopamina, a substância  química responsável pelo sentimento de  “recompensa” em resposta a qualquer forma de prazer, seja exercícios, sexo, drogas, álcool ou alimentos. Infelizmente, algumas pessoas se tornam dependentes de dopamina e das substâncias que a produzem, como drogas ou álcool (ou mais raramente, comida e sexo). O exercício pode ajudar na recuperação de viciados já que sessões de exercícios curtas podem distrair efetivamente o vício de drogas ou álcool, pelo menos à curto prazo. Malhar ao ar livre tem outros benefícios também; o abuso de álcool perturba muitos processos corporais, incluindo ritmos circadianos e como resultado, alcoólatras tem dificuldade em dormir na ausência da bebida. Exercícios podem ajudar a reiniciar o relógio do corpo, ajudando as pessoas a pegar no sono na hora certa.

Exercícios podem lhe ajudar não só a conquistar uma barriga chapada e um corpo torneado mas também auxiliam no controle do sono, ansiedade, memória e capacidade intelectual. Que tal começar hoje mesmo a reservar um tempo para a sua saúde física e mental? Qual a maneira que você relaxa e cuida de você mesma? Deixe um comentário!

Conheça os 6 erros mais comuns cometidos nas academias!

 exercicios-para-treinar-tricpes

 

Entrar em forma e iniciar uma rotina de exercícios de maneira correta e eficiente não é tão simples e fácil quanto pode parecer. O primeiro passo é sim tomar a decisão em mudar seu estilo de vida, mas e então? O que vem depois da matrícula na academia? Hoje lhe ajudamos a começar seu treino de uma maneira correta, aproveitando ao máximo o tempo que você tem disponível para se exercitar e evitando lesões musculares. Conheça os 6 erros mais comuns cometidos em academias e aprenda como evitá-los!

 

1. Alongamento

Muitas pessoas deixam de praticar o alongamento, que é tão importante ser feito antes dos exercícios. A recomendação geral é de que cada grupo muscular seja alongado por ao menos 15 segundos e no máximo 45 segundos. Por isso, reserve um tempo de ao menos 3 minutos antes de começar a sua rotina, dessa maneira você aquece o seu corpo evitando grandes impactos e dando mais flexibilidade aos seus músculos assim evitando lesões futuras.

2. Aeróbicos e Musculação

Para evitar lesões ou fadiga muscular é muito importante que você varie nos tipos de treinos. Praticar exercícios aeróbicos como corridas 5 vezes durante à semana por exemplo pode levar ao desgaste muscular e provocar inchaços e pequenos desligamentos musculares. O mesmo ocorrerá se houver somente a prática de musculação ou exercícios de resistência por mais de 4 dias durante a semana; é necessário um período de descanso, ou variação de movimentos para que o corpo possa se recuperar e formar novos tecidos musculares. Por isso, dependendo do seu objetivo, varie o seu treino entre exercícios aeróbicos e musculação durante a semana, sempre reservando tempo de descanso ao menos 1 dia da semana.

3. Overtraining

Um erro muito comum cometido por iniciantes é de tentar malhar tudo o que não foi feito nos últimos anos em 1 semana. É comprovado de que treinar em excesso faz mal. O exagero em se exercitar pode levar ao desgaste muscular e até perda de massa magra, ou seja, músculo. Além disso muitas são as chances de você se exaurir e acabar desistindo do seu plano, sendo assim tenha em mente uma rotina realista com o seu ritmo e aumente a resistência aos poucos, dando tempo ao seu corpo em se adaptar às novas atividades.

4. Roupas adequadas

Não seja aquela pessoa na academia com 3 blusas de manga comprida suando horrores na esteira quando está fazendo 40 graus. Diz a lenda que quanto mais suamos mais calorias estamos queimando, mas isso não é necessariamente verdade. O suor em excesso provocado dessa maneira é resultado da perda de água no corpo o que piora o seu desempenho durante o treino devido à desidratação. Escolha roupas leves e com tecido que respiram para que você esteja confortável e possa manter a temperatura do seu corpo adequada.

5. Postura correta

Mantenha a concentração durante exercícios em sua postura, isso lhe ajudará a evitar lesões e obter os resultados que espera de cada exercício. Pense que a sua cabeça deve estar sempre posicionada no prolongamento da coluna. Em exercícios como o pulley é extremamente importante que você se mantenha olhando para a frente e os seus braços estejam alinhados com a barra, nunca atrás dela. Já quando for treinar peito, no aparelho supino por exemplo lembre-se de manter a parte superior das costas e ombros firme no banco para garantir suporte e sustentação. Durante abdominais mantenha os pés posicionados próximos ao quadril, com as costas apoiadas no chão, fixando a vista para frente na diagonal e contraindo a musculatura abdominal ao subir e descer. Procure instruções específicas que geralmente constam em cada aparelho antes de iniciar o exercício.

6. Se exercitar mesmo com dor

Esse erro é também muito comum mas é extremamente importante que se dê atenção aos sinais do corpo. Se existem dores musculares fortes, dores de cabeça ou mal-estar, não ignore estes sintomas. Seguindo com sua rotina de exercícios quando na verdade seu corpo está pedindo um descanso só leva a maiores danos para a sua saúde e acarreta em lhe manter fora da academia por mais tempo ainda, tendo que se recuperar de algo mais sério. Por isso, seja cuidadosa e cuide bem do seu corpo, prevenindo lesões sérias e mantendo um ritmo saudável de exercícios.

 

Gostou das dicas? Diga para nós se tem algum tema de sua preferência! Envie sugestões para sugestoes@contarcalorias.com.br 😉

 

Faz mal malhar demais?

Esse é um erro muito comum cometido por inúmeras pessoas e ocorre com mais frequência ainda em certas épocas como o começo do ano (devido às promessas de Reveillón) ou com a chegada do verão eminente. Já que a segunda opção é o caso do momento, decidimos abordar esse tema: ‘malhar muito faz mal?’ para evitar que você desista do seu plano de mudar seu estilo de vida já na primeira semana de academia!

Malhar demais pode causar lesões musculares

Malhar demais pode causar lesões musculares 

O cenário é comum, você finalmente toma aquela decisão de mudar de vida: vai comer mais saudável, fazer exercícios e tomar mais água, chega dessa vida sedentária! Compra uma agenda nova para anotar as rotinas de exercícios (necessidade básica), sai pra comprar uns conjuntinhos transados que combinem com o seu tênis (necessidade mais do que básica) e até coloca o alarme pra despertar 1 hora antes do de costume pra poder ir se exercitar antes de começar o seu dia.

Primeiro dia, você mal pode esperar pra estrear a sua roupa nova, acorda sem problemas e chega na academia pronta pra suar! O dia vai muito bem e você está muito feliz com a mudança.

Terceiro dia, você está começando a sentir aquele dolorido básico de quem não malha por muito tempo e pega pesado de repente. Mal consegue sentar na cadeira no trabalho e até rir dói. Você não está mais tão feliz, porém continua seguindo seu treino, afinal já marcou na sua agenda nova, com caneta de cor, o treino de uma semana inteira.

Sétimo dia, você escuta o despertador e chinga até a quinta geração do porteiro. Levanta da cama e vai pra academia com as calças do pijama. Seu corpo dói muito mas você está decidida a terminar a semana e continuar com seu plano de emagrecimento. Chega em casa com o tornozelo inchado e é incapaz de se movimentar por 3 dias após o incidente. Você desiste do seu plano e sua agenda vira caderno de anotações aleatórias.

Já viu isso acontecer? Já passou por isso? Evite ser o personagem dessa história e entenda algumas das consequências que podem ocorrer se você pegar muito pesado:

Desequilíbrio do sono– muito exercício físico pode perturbar o seu ritmo de sono, o que por sua vez não permite que o seu corpo se recupere e descanse de uma forma adequada.

Lesões musculares– ignorar e ir além dos limites do corpo, praticando muito exercício físico sem tempo para recuperar entre os treinos pode acarretar em lesões e fadiga muscular. Dê tempo para que o seu corpo se recupere, uma lesão qualquer que seja lhe custará mais dias fora da academia e de qualquer outra atividade, além da dor que você pode passar.

Efeito sanfona– essa consequência é de natureza mental e física. Tentar mudar seu ritmo radicalmente irá gerar, ao mínimo frustração e há grandes chances de que você perca peso inicialmente mas tenha dificuldade em sustentar essas mudanças e desistir de seu plano completamente. Leia aqui algumas idéias de como manter a motivação durante a sua jornada em mudar seu estilo de vida!

Para uma ajudinha a mais, clique aqui e aprenda sobre 3 simples hábitos que você pode mudar hoje mesmo para lhe ajudar a emagrecer de uma vez por todas! Gostou das dicas? Envie suas opiniões e diga para nós o que gostaria de ler para sugestoes@contarcalorias.com.br. Estamos aqui para você! 😉