Alimentos antioxidantes ajudam a prevenir o câncer

Hoje é o dia de se conscientizar sobre uma doença que infelizmente afeta milhões de pessoas no mundo todo, o câncer. Você sabia que os tais alimentos antioxidantes podem ajudar a prevenir diversos tipos desta doença? Leia mais a respeito disso logo a seguir.

Antioxidantes
Antioxidantes

 

Quando falamos sobre o uso de antioxidantes para prevenir o câncer, é importante saber algumas informações. Uma das causas do câncer são os danos causados pelos radicais livres em excesso nas suas células, o que prejudica o seu DNA, e o resultados em algumas células é que elas mutam em células cancerosas. Antioxidantes ‘limpam’ as células destes radicais livres. Cada química e toxina em seu corpo provoca danos como radicais livres, e os chamados carcinogênicos também . Outra razão pela qual temos muito danos causados por radicais livres e uma grande incidência de câncer é que os alimentos industrializados ​​geram mais radicais livres do que os alimentos integrais, e têm menos nutrientes para atuar como ‘seqüestradores’ de radicais livres para ajudar a proteger as células.

Você certamente já ouviu falar dos antioxidantes como a vitamina C, licopeno e beta -caroteno, que estão em muitas frutas e legumes. Estudos sugerem que as pessoas que comem alimentos que são ricos em frutas e legumes têm um menor risco de câncer. Uma variedade de produtos químicos a partir de plantas conhecidas como fitoquímicos também parece proteger as células dos compostos nocivos nos alimentos e no ambiente , bem como prevenir danos às células e mutações.

E o seu peso também importa. É muito importante manter um peso saudável e perder alguns quilos se necessário já que foi comprovado que o excesso de peso e a obesidade são fatores de risco para doenças cardíacas e diabetes.

Pois então, quais são estes antioxidantes e onde podemos encontrar tais nutrientes tão importantes para a prevenção do câncer?

Alho: 

Quem pensou bafo de alho seria bom para você ? Os compostos de enxofre mesmos que causam odor que pode também parar as substâncias causadoras de câncer de se formar em seu corpo, auxiliar o reparo do DNA , e matar as células cancerosas. Quer mais? Alho combate bactérias, incluindo H. pylori (aquele ligado a algumas úlceras e câncer de estômago), e reduz o risco de câncer de cólon.

Para obter o máximo benefício , descasque e pique os dentes e então os deixe de molho de 15 a 20 minutos antes de cozinhar. Isso ativa as enzimas e libera os compostos contendo enxofre que têm o efeito de prevenção.

Brócolis: 

Brócolis e outros vegetais crucíferos, como repolho , couve e couve-flor contêm fitoquímicos chamados glucosinolatos, que produzem enzimas protetoras que são liberadas quando você mastiga o vegetal cru, rompendo as paredes celulares. Seu corpo também produz as enzimas no intestino,e quando brócolis cru ou cozidos passa pelo oranismo, as enzimas são ativadas. Cientistas estão pesquisando como o sulforafano (uma destas enzimas) podem reduzir o risco de câncer, de desintoxicação de substâncias nocivas (tais como fumaça e outros poluentes ambientais) no corpo para funcionar como uma espécie de agente antimicrobiano, atacando a bactéria H. pylori.

Brócolis e seus primos protegem contra câncer de boca, esôfago e estômago. Prepare o brócolis a vapor e misture com alho e azeite para um prato saudável – sem molho gorduroso ou queijo.

Tomates:

A coloração vermelha no tomate é uma arma potente contra o câncer de próstata. Essa cor vermelha vem de um nutriente fitoquímico chamado licopeno, um poderoso antioxidante, que é encontrado em grande concentração no tomate. Vários estudos sugerem que uma dieta rica em licopeno está ligada a um risco reduzido de câncer da próstata. No entanto , os pesquisadores ainda não tem certeza se isso está relacionado diretamente ao licopeno em si ou algum outro composto.

Para obter o máximo benefício a partir de licopeno, comer tomates cozidos ou processados, incluindo suco de tomate e molho de pizza. Processamento torna os compostos que combatem o câncer mais disponíveis para o seu corpo, porque o calor quebra as paredes celulares da planta. E incluindo os tomates preparados em pratos com azeite, como pizza e macarrão com molho, aumenta a disponibilidade de licopeno. Quer mais deste composto? Melancia ou pimentões vermelhos também contém licopeno .

Morango: 

Morangos são ricos em antioxidantes, como a vitamina C e ácido elágico. Em testes de laboratório, o ácido elágico mostrou ter propriedades anticancerígenas que destroem substâncias causadoras de câncer e retardam o crescimento de tumores. Eles também contém flavonóides, os quais detém uma enzima que danifica o DNA e tem sido associada ao câncer do pulmão . Outros tipos de frutas ricos em flavonóides são as framboesas,mirtilos e amoras. Mirtilos são carregados com antocianinas, que reduzem a inflamação e são um dos mais poderosos antioxidantes.

Cenoura:

As cenouras são ricas em nutrientes que combatem o câncer. Elas contêm beta-caroteno, um antioxidante cientistas acreditam que pode proteger as membranas celulares de ataques de toxinas e retardar o crescimento de células cancerosas. E cenouras contém outras vitaminas e fitoquímicos que podem proteger contra o câncer de boca, esôfago e estômago.

Espinafre:

O espinafre é rico em luteína e zeaxantina, carotenóides que retiram moléculas instáveis ​​chamadas radicais livres do seu corpo antes de danificá-lo. Eles são encontrados no espinafre e outros vegetais de folhas de cor verde escura, e alguns estudos mostram que pode proteger contra câncer de boca, esôfago e estômago. Alguns estudos sugerem que os carotenóides em espinafres e outros alimentos podem reduzir o risco de câncer do ovário, do endométrio, pulmão e colo-rectal.

Você já parou para pensar como é importante a sua alimentação para a sua saúde? Que tal prevenir ao invés de remediar? Afinal, saborear um belo prato de salada e frutas vermelhas de sobremesa por dia, com a intenção de prevenir diversos tipos de câncer parece não ser tão má idéia, não é?!

Verdades e mitos do chá verde

Cha verde

Chá verde emagrece? Fazer infusão em casa ou comprar chá verde de caixinha (industrializado) tem o mesmo efeito? Tomar chá verde demais, tem problema? Essas são apenas algumas perguntas que podem vir à tona quando falamos a respeito de chá verde. Aprenda agora um pouco mais a respeito dessa bebida para poder aproveitar os seus benefícios da melhor maneira!

Chá verde emagrece?

Uma das propriedades do chá verde é que ele é um alimento termogênico, o que facilita na queima calórica por elevar a temperatura do corpo. É necessário que você tome ao menos 1 xícara ao dia para obter tais efeitos, não importa se a bebida é quente ou fria, o importante é incluí-la na sua alimentação! Substituir outras bebidas açucaradas e mais calóricas como o refrigerante, por chá verde pode auxiliar também na perda de peso já que o chá não está carregado de calorias. Experimente preparar uma jarra de chá na noite anterior e consumir durante o dia no lugar de sucos e outras bebidas. Além de refrescante ele também é um diurético natural, auxiliando mais uma vez a perda de peso.

Existe diferença entre o chá caseiro e o industrializado? 

Como qualquer outro alimento que passa pelo processo de industrialização o chá pode perder muito do seu poder benéfico durante o processo de industrialização. Busque por marcas conceituadas que preservam as folhas de chá de forma mais natural possível e sempre olhe a data de validade antes do consumo. Se possível, prepare a infusão com folhas frescas e sem ferver a água para manter as propriedades voláteis do chá, abafando o líquido e deixando descansar por alguns minutos antes do consumo. Estudos comprovam que a ingestão de líquidos mornos ou quentes antes das refeições leva as pessoas a consumirem menos calorias…que tal iniciar esse hábito? 😉

Tomar chá verde demais, tem problema?

O chá verde, como o café contém cafeína, porém em menores quantidades. Por isso pode causar palpitação ou ansiedade em pessoas com sensibilidade à este ingrediente. Uma xícara de chá verde contém cerca de metade da quantia de cafeína presente em uma xícara de café, para um indivíduo que não apresenta sensibilidade à cafeína, tomar até 3 xícaras de chá verde por dia pode trazer muitos benefícios sem apresentar nenhum risco à saúde.

Benefícios do chá verde

O chá verde quando consumido regularmente pode trazer muitos benefícios além de auxiliar na perda de peso. Estudos científicos comprovam que suas propriedades antioxidantes ajudam a prevenir o desgaste natural das células do corpo, agindo contra radicais livres presentes em poluição e produtos químicos. Outros benefícios incluem a prevenção de alguns tipos de câncer e uma menor incidência de doença de Parkinson quando comparado à pessoas que não consomem o chá. É importante saber também que, como muitas outras ervas, o chá verde pode interferir com a absorção de alguns medicamentos como certos antibióticos ou anticoncepcionais. Consulte com o seu médico antes de iniciar qualquer plano de alimentação na sua rotina!