Barriga tanquinho, como ter uma?

Se você quer ter uma barriga tanquinho, alimentação é um fator crucial. Aqui vamos dar a dica dos passos e do que comer para ter uma
barriga definida.
 
Passo 1: Queimar gordura
Todo mundo tem quadradinhos na barriga, mas eles ficam escondidos atrás da gordura abdominal. Então o primeiro passo é queimar essa
camada de gordura para que o músculo possa ficar visível. Esses são os alimentos que vão te ajudar nessa fase:
 

Continue reading Barriga tanquinho, como ter uma?

Como obter uma barriga sarada sem fazer abdominais

woman-six-pack-abs
Que tal uma barriga sarada como essa sem ter que fazer abdominais?

 

Você pensa que abdominais são o caminho para uma barriga enxuta? Pense novamente. Veja como desenvolver uma barriga sequinha da maneira certa e sem ter que fazer 500 abdominais por dia:

Não é possível queimar gordura abdominal com abdominais

Este é provavelmente o maior equívoco no mundo sobre perda de gordura localizada. Esqueça e ignore tudo o que você vê em revistas sobre treinos de como conseguir uma barriga sarada com abdominais, isso é mito.

A verdade é só uma: exercícios localizados não vão lhe trazer uma barriga sarada. A perda de gordura não é localizada, é sistêmica. Células gordurosas são movimentadas e eliminadas como um todo, independentemente de qual músculo está sendo trabalhado.

Seu abdômen está sendo mobilizado, seja qual for o movimento

Muitas pessoas pensam que para obter uma barriga sarada você tem que fazer um treinamento direcionado. Embora não haja nada de errado em fazer abdominais para fortalecer seu abdômen, você não tem que isolar esse músculo para fortalecê-lo.

Seu núcleo está envolvido na estabilização do seu corpo quando você faz praticamente qualquer exercício. Quando você faz agachamento, levantamento, flexões, ou qualquer outro exercício, seus músculos abdominais também obtém um ótimo treino. Muitas pessoas ficam uma grande barriga, sem fazer um único exercício de isolamento do núcleo.
O exercício é uma parte muito pequena do quebra-cabeça

Nenhum destes exercícios tem um maior impacto quando se trata dos seus abdominais. Claro que o fortalecimento do seu núcleo podem fazer seus músculos abdominais maiores e mais fortes, mas se há uma camada de gordura cobrindo o seu núcleo você nunca vai conseguir ter a tão sonhada barriga sarada.

Seus abdominais dependem da sua dieta

Você provavelmente já ouviu o ditado – uma barriga sarada é feita na cozinha, não na academia. Mesmo que essa não seja uma mensagem clara à todas as pessoas em busca de secar a barriga, essa é a realidade.

Seu percentual de gordura corporal é o principal fator determinante quando se trata de ver o seu abdominal, e percentual de gordura corporal é influenciado principalmente pelo que você consome.

O exercício é o estímulo perfeito para criar o ambiente metabólico necessário para a perda de gordura, e a sua dieta complementa o processo despindo as camadas de gordura sobre o músculo. A sinergia entre a dieta e o exercício é onde a mágica acontece.

Em qual percentual de gordura corporal você pode ver seus abdominais?

Isso vai depender de muitos fatores, como a genética e a maneira como você armazenar gordura tem muito a ver com isso. Em média, homens podem começar a ver seus abdominais entrar em cerca de 10-12% de gordura corporal. As mulheres vão vê-los em cerca de 15-17% de gordura corporal.

Agora, tenha em mente que esta é apenas uma média da população. Existem alguns desvios. Algumas mulheres podem ter abs em mais de 20% de gordura corporal, se armazenar a maioria de sua gordura em sua parte inferior do corpo, e alguns homens têm de obter sub 10% para realmente ver definição ab.

Ponto de ser, você vai ter que diminuir o seu percentual de gordura corporal até que você vê-los. Enquanto a gordura está cobrindo seus músculos abdominais, ele nunca será visível.

Os componentes principais de um programa para o abdômen 

Agora que sabemos que o efeito do exercício e dieta têm sob o seu abdômen podemos começar a delinear os componentes necessários de um programa de condicionamento físico eficaz.

Treinamento de Força – isto pode ser musculação, treinamento de peso corporal, ou qualquer coisa que acrescenta resistência a todo o seu corpo. O treinamento de força vai ser a chave para a construção muscular que vai queimar gordura em todas as horas do dia e da noite.

Exercícios de alta intensidade – mesmo que você não possa direcionar a perda de gordura, exercícios ainda são muito eficazes quando combinados com uma alimentação correta. Exercício de alta intensidade queima muitas calorias e gordura corporal, tudo ao mesmo tempo criando um ambiente favorável à perda de gordura metabólica.

Déficit de calorias – a menos que você tenha um peso razoável neste momento, você vai ter que perder peso para ver seu abdômen definido. A única maneira de fazer isso é com um déficit calórico. Diminua ao redor de 15% de suas calorias de manutenção e espere perder cerca de 0,5-1% de gordura corporal por semana.

Qualidade versus quantidade de calorias –  número de calorias fazem a maior diferença no seu peso, mas a quantidade de gordura, carboidratos e proteínas que você come desempenha um grande papel na composição corporal. Coma entre 0,6-0,8 gramas de proteína por quilo de peso corporal e preencha o resto de suas calorias de gorduras e carboidratos saudáveis.

Tempo- para ver seu abdômen você tem que ser paciente. Pode ser um processo longo. Se você tem 10% de gordura corporal para perder, pode demorar 20 semanas ou mais para esse processo se completar. No entanto, se você manter consistente e continuar a perder 0,5% de gordura corporal por semana, você vai começar a ver o seu abdômen em pouco tempo.

Para concluir, não é impossível obter uma barriga sequinha sem fazer um único abdominal. De fato, os cinco componentes de um programa eficaz para obtê-lo estão listados acima irão lhe ajudar a conseguir um abdômen definido.

5 segredos para uma barriga sarada!

Quem não quer aproveitar o verão para mostrar uma barriga sarada e lisinha? Essa é a sua oportunidade para usar e abusar de decotes e roupas que revelam um corpo modelado. Não se esconda atrás das roupas, ainda dá tempo de conquistar a barriga dos seus sonhos!

Barriga sarada: mais próxima de conquistar do que você imagina!
Barriga sarada: mais próxima de conquistar do que você imagina!

Até pessoas magras podem ter uma barriga saliente devido a presença de gordura visceral, alojada nas camadas mais profundas do abdómen e entre órgãos. Isso se deve em parte ao genes, algumas pessoas têm uma tendência genética para armazenar gordura visceral. Atividade física é um outro fator muito importante que pode influenciar a saliência deste tipo de gordura que adora hábitos sedentários. Um estudo britânico mostrou que pessoas magras que mantêm o seu peso através da dieta mas que não praticam exercícios físicos são mais propensas a ter gordura localizada no abdómen. Sabendo disso, a mensagem principal para ter uma barriga sarada a longo prazo é manter-se activa, não importando o seu tamanho. Mas por agora lhe damos 5 dicas de como começar desde já a  diminuir a barriguinha!

5 Passos para eliminar gordura abdominal

Exercício: exercícios vigorosos eliminam gordura, incluindo a gordura visceral. E além disso podem retardar o acúmulo de gordura visceral que tende a acontecer ao longo dos anos.  Meia hora de exercício aeróbico vigoroso, feito quatro vezes por semana é o ideal. Se você estiver apta pratique a corrida ou ande rapidamente em uma esteira, caso não esteja pronta para correr. Exercícios vigorosos em bicicletas ergométricas e máquinas elípticas ou  de remo também são eficazes para eliminar gordura abdominal. Atividades cardíacas moderadas, que elevam a sua freqüência cardíaca por 30 minutos pelo menos três vezes por semana também ajuda. Elas diminuem a quantidade de gordura visceral que você ganha. Fazer uma caminhada rápida ou jogar vôlei com amigas também conta! Não é preciso ir à academia para ganhar resultados.

Dieta: Não há nenhuma dieta mágica para a gordura da barriga . Mas quando você perde peso em qualquer dieta, a gordura da barriga geralmente vai embora primeiro. Uma dieta rica em fibras pode ajudar.  Pesquisas mostram que as pessoas que comem 10 gramas de fibra solúvel por dia – sem quaisquer outras alterações de dieta – adquirem menos gordura visceral ao longo do tempo do que pessoas que não incluem fibra na sua alimentação. Isso é tão fácil como comer duas maçãs pequenas, uma xícara de ervilhas verdes, ou meia xícara de feijão.

Sono: Obter a quantidade certa de sono ajuda. Estudos mostram que pessoas que tem de seis a sete horas de sono por noite obtém menos gordura visceral ao longo de 5 anos em comparação com aqueles que dormem cinco horas ou menos por noite, ou oito ou mais horas por noite. O sono pode não ter sido o único fator determinante a respeito da gordura, mas foi parte da conclusão. Por isso, faça do seu sono e descanso uma prioridade. Se você dorme pouco tende à comer mais no dia seguinte para recompensar o cansaço.

Stress: O stress pode ser inevitável quando levamos uma rotina apressada, mas a maneira de como você trata do stress pode fazer diferença na balança. Você provavelmente já sabe que as pessoas tendem a não fazer as melhores escolhas alimentares quando estão estressadas. Busque amigos ou familiares para aliviar o stress, meditação e exercícios físicos são também outras formas eficazes de lidar com o stress. O mais importante é que você não ataque um prato de batatinha frita porque se sente frustrada com o trânsito! Essa gordura vai direto para o seu quadril e estômago, deixando os seus planos de ter uma barriga sarada à milhas de distância.

Postura: A má postura é uma das principais razões pelo aparecimento das gordurinhas que ‘transbordam’ na sua cintura. Fique em pé na frente do espelho e observe: se você naturalmente tem os glúteos relaxados, ombros e quadril largados e relaxados, isso vai causar a aparência de uma barriga saliente. Por isso é muito importante prestar atenção na sua postura, caminhe com as costas eretas, peito estufado e sempre contraindo o abdómen.

Você também pode incluir alimentos termogênicos na sua alimentação para auxiliar a queima de gordura, e até seguir essas recomendações para diminuir inchaço abdominal. O importante é fazer mudanças nos seus hábitos aos poucos. Acredite pois é possível sim, ter uma barriga sarada está mais ao seu alcance do que você imagina, basta tomar o primeiro passo.