Exercício e atividade física contra o câncer

Exercícios e atividade física contra o câncer
Exercícios e atividade física contra o câncer

Não é necessariamente uma novidade dizer que o exercício e a atividade física tem muitos benefícios para a sua saúde. Na verdade, pode-se argumentar que é bastante seguro dizer que os benefícios em se exercitar foram muito bem documentados ao longo dos anos. Sejam os benefícios relacionados à perda de peso, à saúde cardiovascular ou a saúde mental, as pessoas sabem que se exercitar é importante para manter a saúde. Mas descobertas recentes estão mostrando que podem haver outros benefícios desconhecidos anteriormente: poderia ser que atividade física combate o câncer?

À medida que mais e mais investigações e estudos são feitos, fica mais claro que o exercício e câncer estão conectados. Isto é devido em grande parte à presença de substâncias químicas importantes para o corpo que são inerentes ao exercício e atividade física. Treinar em academias ou simplesmente praticar atividades físicas são maneiras naturais de gerenciar níveis de insulina no sangue, prostaglandinas e ácido biliar, entre outros. Estas substâncias químicas quando fora de seu equilíbrio natural podem promover o desenvolvimento de muitos tipos de câncer, incluindo câncer de estômago, mesotelioma testicular e câncer pancreático. A melhoria da função respiratória é um dos principais benefícios do exercício físico regular. Isso ajuda com que você possa correr mais rápido, manter sua frequência cardíaca mais baixa, e melhora o transporte de oxigênio na corrente sanguínea. Também ajuda a prevenir os tipos de câncer respiratórios, como mesotelioma papilar e câncer de pulmão.

Com todos os benefícios que ele oferece, o exercício não deve ser visto como benéfico apenas às pessoas que buscam prevenir o câncer; pessoas já afetadas pela doença podem ajudar a acelerar a sua recuperação também. Pode parecer intimidante, mas aqueles com câncer podem obter muitos benefícios ao praticar exercícios de baixa intensidade. Como exercícios podem aumentar os níveis de serotonina, pode-se melhorar as perspectivas de saúde dos pacientes com câncer. Além disso, um estudo realizado recentemente pelo Canada Research Chair sobre atividade física revelou que, os pacientes com câncer de mama que passaram por exercícios leves melhoraram sua aptidão física, bem como níveis de força e auto-estima. O exercício também ajudou com sucesso quimioterapia.

O exercício tem definitivamente mostrado seu valor na luta contra o câncer, no entanto, é sempre importante seguir as recomendações do seu médico. Como cada caso é diferente, se um médico sugere que você conserve a sua energia, é mais provável que essa seja a melhor escolha. À medida que mais benefícios do exercício são descobertos é importante espalhar a consciência de como isso pode ajudar na luta contra o câncer.

Alimentos antioxidantes ajudam a prevenir o câncer

Hoje é o dia de se conscientizar sobre uma doença que infelizmente afeta milhões de pessoas no mundo todo, o câncer. Você sabia que os tais alimentos antioxidantes podem ajudar a prevenir diversos tipos desta doença? Leia mais a respeito disso logo a seguir.

Antioxidantes
Antioxidantes

 

Quando falamos sobre o uso de antioxidantes para prevenir o câncer, é importante saber algumas informações. Uma das causas do câncer são os danos causados pelos radicais livres em excesso nas suas células, o que prejudica o seu DNA, e o resultados em algumas células é que elas mutam em células cancerosas. Antioxidantes ‘limpam’ as células destes radicais livres. Cada química e toxina em seu corpo provoca danos como radicais livres, e os chamados carcinogênicos também . Outra razão pela qual temos muito danos causados por radicais livres e uma grande incidência de câncer é que os alimentos industrializados ​​geram mais radicais livres do que os alimentos integrais, e têm menos nutrientes para atuar como ‘seqüestradores’ de radicais livres para ajudar a proteger as células.

Você certamente já ouviu falar dos antioxidantes como a vitamina C, licopeno e beta -caroteno, que estão em muitas frutas e legumes. Estudos sugerem que as pessoas que comem alimentos que são ricos em frutas e legumes têm um menor risco de câncer. Uma variedade de produtos químicos a partir de plantas conhecidas como fitoquímicos também parece proteger as células dos compostos nocivos nos alimentos e no ambiente , bem como prevenir danos às células e mutações.

E o seu peso também importa. É muito importante manter um peso saudável e perder alguns quilos se necessário já que foi comprovado que o excesso de peso e a obesidade são fatores de risco para doenças cardíacas e diabetes.

Pois então, quais são estes antioxidantes e onde podemos encontrar tais nutrientes tão importantes para a prevenção do câncer?

Alho: 

Quem pensou bafo de alho seria bom para você ? Os compostos de enxofre mesmos que causam odor que pode também parar as substâncias causadoras de câncer de se formar em seu corpo, auxiliar o reparo do DNA , e matar as células cancerosas. Quer mais? Alho combate bactérias, incluindo H. pylori (aquele ligado a algumas úlceras e câncer de estômago), e reduz o risco de câncer de cólon.

Para obter o máximo benefício , descasque e pique os dentes e então os deixe de molho de 15 a 20 minutos antes de cozinhar. Isso ativa as enzimas e libera os compostos contendo enxofre que têm o efeito de prevenção.

Brócolis: 

Brócolis e outros vegetais crucíferos, como repolho , couve e couve-flor contêm fitoquímicos chamados glucosinolatos, que produzem enzimas protetoras que são liberadas quando você mastiga o vegetal cru, rompendo as paredes celulares. Seu corpo também produz as enzimas no intestino,e quando brócolis cru ou cozidos passa pelo oranismo, as enzimas são ativadas. Cientistas estão pesquisando como o sulforafano (uma destas enzimas) podem reduzir o risco de câncer, de desintoxicação de substâncias nocivas (tais como fumaça e outros poluentes ambientais) no corpo para funcionar como uma espécie de agente antimicrobiano, atacando a bactéria H. pylori.

Brócolis e seus primos protegem contra câncer de boca, esôfago e estômago. Prepare o brócolis a vapor e misture com alho e azeite para um prato saudável – sem molho gorduroso ou queijo.

Tomates:

A coloração vermelha no tomate é uma arma potente contra o câncer de próstata. Essa cor vermelha vem de um nutriente fitoquímico chamado licopeno, um poderoso antioxidante, que é encontrado em grande concentração no tomate. Vários estudos sugerem que uma dieta rica em licopeno está ligada a um risco reduzido de câncer da próstata. No entanto , os pesquisadores ainda não tem certeza se isso está relacionado diretamente ao licopeno em si ou algum outro composto.

Para obter o máximo benefício a partir de licopeno, comer tomates cozidos ou processados, incluindo suco de tomate e molho de pizza. Processamento torna os compostos que combatem o câncer mais disponíveis para o seu corpo, porque o calor quebra as paredes celulares da planta. E incluindo os tomates preparados em pratos com azeite, como pizza e macarrão com molho, aumenta a disponibilidade de licopeno. Quer mais deste composto? Melancia ou pimentões vermelhos também contém licopeno .

Morango: 

Morangos são ricos em antioxidantes, como a vitamina C e ácido elágico. Em testes de laboratório, o ácido elágico mostrou ter propriedades anticancerígenas que destroem substâncias causadoras de câncer e retardam o crescimento de tumores. Eles também contém flavonóides, os quais detém uma enzima que danifica o DNA e tem sido associada ao câncer do pulmão . Outros tipos de frutas ricos em flavonóides são as framboesas,mirtilos e amoras. Mirtilos são carregados com antocianinas, que reduzem a inflamação e são um dos mais poderosos antioxidantes.

Cenoura:

As cenouras são ricas em nutrientes que combatem o câncer. Elas contêm beta-caroteno, um antioxidante cientistas acreditam que pode proteger as membranas celulares de ataques de toxinas e retardar o crescimento de células cancerosas. E cenouras contém outras vitaminas e fitoquímicos que podem proteger contra o câncer de boca, esôfago e estômago.

Espinafre:

O espinafre é rico em luteína e zeaxantina, carotenóides que retiram moléculas instáveis ​​chamadas radicais livres do seu corpo antes de danificá-lo. Eles são encontrados no espinafre e outros vegetais de folhas de cor verde escura, e alguns estudos mostram que pode proteger contra câncer de boca, esôfago e estômago. Alguns estudos sugerem que os carotenóides em espinafres e outros alimentos podem reduzir o risco de câncer do ovário, do endométrio, pulmão e colo-rectal.

Você já parou para pensar como é importante a sua alimentação para a sua saúde? Que tal prevenir ao invés de remediar? Afinal, saborear um belo prato de salada e frutas vermelhas de sobremesa por dia, com a intenção de prevenir diversos tipos de câncer parece não ser tão má idéia, não é?!