Entenda o poder do cérebro sobre o seu corpo durante a dieta

Domine a sua força de pensamento durante a dieta para ter sucesso!
Domine a sua força de pensamento durante a dieta para ter sucesso!

Quando passamos fome durante a dieta por ingerir uma quantidade de calorias muito baixa, células cerebrais também morrem. Novas pesquisas constatam que estas células cerebrais famintas enviam sinais de fome, provocam o aumento de apetite, causam lentidão no metabolismo e podem ser a causa pela qual dietas falham.

Comer uma quantidade muito pequena de calorias durante a dieta é tão ruim quanto comer demais. O corpo tem muitos mecanismos de prevenção de fome evolutiva e é pré-programado para a sobrevivência.

O mecanismo de fome e sentimentos de necessidade excessiva por calorias e energia produzido por esses neurônios é sinalizado através de um processo chamado autofagia (que literalmente significa “auto- alimentação” ), em que a célula ‘quebra suas partes usadas’. Ela faz isso para se reciclar, mas também para obter energia.

A maioria das células do cérebro mantém sua autofagia em um nível estável e não respondem à fome. Porém esses neurônios de detecção de apetite são diferentes, pesquisadores descobriram, e são as únicas células do cérebro conhecidas por realizar este tipo de procedimento de autofagia em tempos de fome.

Este aumento de ‘reciclagem’ das células aumenta os níveis celulares de compostos chamados ácidos graxos livres. Os níveis mais elevados desses ácidos sinalizam para que células cerebrais específicas libertem a proteína indutora de apetite.

Esses neurônios sentem a presença de nutrientes no corpo e dizem ao corpo que é hora de comer, ou que é hora de parar de comer. Quando você está com fome este é o mecanismo que ocorre no cérebro e regula o seu apetite, fazendo com que você coma.

O cérebro governa o corpo. O corpo está lá para apoiar o cérebro. Quando o cérebro lhe diz que é hora de comer, ele para de realizar muitas outras tarefas de pensamento de nível superior e torna-se primitivo na natureza. Você precisa de comida, e seu cérebro não vai parar até fazer com que você se alimente.

Esses desejos são o que fazem da dieta algo tão difícil para muitas pessoas. Eles podem ser tão poderosos que acabam pegando os tipos errados de alimentos e arruinam sua dieta.

A chave é comer com frequência, ingerir calorias suficientes, mas não demais, e comer os alimentos certos para que eles sejam digeridos de uma forma lenta o suficiente para que o corpo e o cérebro obtenham um suprimento constante de nutrientes.

Diga adeus aos sinais da fome se alimentando regularmente e em moderação.