Aeróbico ou anaeróbico? O que é melhor para queimar gordura?

 

 

Será que o seu exercício lhe ajuda a queimar gordura?
Será que o seu exercício lhe ajuda a queimar gordura?

Quem aqui vai à academia? A próxima vez que você for lá, dê uma olhada na área de cardio e olhe para as pessoas que estão andando e se mantendo na “fat burning zone” ou “zona de queima de gordura”. Volte aqui depois e deixe o seu comentário mencionando o que essas pessoas têm em comum.

Muito provavelmente eles tem seguido esta rotina de treino por um tempo e se perguntam porque não estão perdendo peso. Bem, vamos dar uma olhada no que o exercício aeróbio e anaeróbio são, e então talvez possamos descobrir o problema.

Exercício aeróbico

O exercício aeróbico é o exercício que normalmente é de baixa intensidade e é feito por um longo período. O exercício aeróbico utiliza principalmente gordura para obter energia. Alguns destes exercícios aeróbicos são atividades como caminhada, corrida leve, andar de bicicleta, ou usar a máquina elíptica.

Agora, alguns destes certamente pode ser usado como exercícios de alta intensidade, se você se puxar bastante, mas mais vezes do que não, eles são usados ​​para ficar em sua zona de queima de gordura.

Exercício anaeróbico

O exercício anaeróbico é tipicamente de alta intensidade e é feito por períodos curtos. A fonte primária de combustível para o exercício anaeróbico é o glicogênio, que é fabricado a partir da glicose (açúcar derivado do carboidrato consumido).

No exercício da sua zona anaeróbia, o seu corpo não é capaz de quebrar os ácidos graxos rápido o suficiente para alimentar o seu treino. Em vez disso, ele usa o glicogênio muscular e estoques de energia como fonte primária de combustível para o exercício anaeróbico.

Alguns exemplos de exercícios de alta intensidade são musculação, corrida e remo. Há muito mais para entender sobre estes dois tipos de exercícios, mas por enquanto, vamos manter o foco no tema.

Exrecício Aeróbico vs Exercício Anaeróbico

A idéia por trás da zona de queima de gordura é que se você se exercitar em uma frequência cardíaca em particular ( em torno de 60-70%), você vai queimar um maior percentual de calorias provenientes de gordura. Isto é fato. Você deve estar se perguntando, então por que isso não é bom se eu estou tentando perder gordura?

Bem, a resposta é muito simples na verdade. Quanto menor a sua freqüência cardíaca, maior o percentual de calorias queimadas virá de gordura. A chave para esta frase é “maior o percentual”.

Você realmente queima o maior percentual de calorias provenientes de gordura enquanto você dorme! Isso mesmo, enquanto você está dormindo! Sua freqüência cardíaca é a mais baixa neste período. Portanto,em teoria , se você acredita na zona de queima de gordura para a melhor perda de gordura, você deveria tentar dormir até perder tudo o que tem de gordura no corpo.

O problema com esse pensamento é que, enquanto você queima um maior percentual de calorias provenientes de gordura, o número total de calorias queimadas é menor. Muito menor. Vamos dar uma olhada em núneros para ter uma melhor idéia do que está acontecendo.

 

Exercício de baixa intensidade ( Aeróbico 60-70% frequência cardíaca máxima)

Total de calorias queimadas 200

Total de calorias de gordura queimadas 120

Percentual de gordura queimada 60%

Exercício de alta intensidade ( Anaeróbico 80-100% frequência cardíaca máxima)

Total de calorias queimadas 300

Total de calorias de gordura queimadas 135

Percentual de gordura queimada 45%

A tabela acima mostra quantas calorias são queimadas durante uma sessão típica 45 minutos de cardio. Como você pode ver, apesar de um maior percentual de calorias provenientes de gordura terem sido queimadas durante o exercício de baixa intensidade, uma maior quantidade de calorias de gordura foram queimadas durante o exercício de alta intensidade.

O mais importante a lembrar durante o exercício é tentar queimar calorias. Quanto mais calorias você queima, mais gordura perde.

E se você ainda não está convencida, pense da seguinte maneira: você realmente acha que as pessoas que não malham tão pesado vão perder mais gordura do que as pessoas que suam a camisa em exercícios de alta intensidade?

Quando o exercício aeróbico é benéfico?

Isso não quer dizer que os exercícios de baixa intensidade não tem o seu lugar na academia. Existem funções específicas para cada tipo de exercício. Sabendo disso, quando você deve fazer o exercício aeróbico?

O problema com o exercício de alta intensidade é que ele é muito exigente em seus músculos e sistema nervoso central. Isso torna difícil para trabalhar em uma intensidade alta por longos períodos de tempo ou em dias consecutivos.

Se você ainda quer queimar calorias extras, este é o momento oportuno para complementar com alguns exercícios de baixa intensidade. Uma caminhada de uma hora vai queimar 300-400 calorias, e isso pode fazer uma grande diferença na sua perda de peso. Tente incluir de 1-3 dias de cardio de menor intensidade entre as sessões de treinamento de força e veja o impacto positivo que esta rotina irá lhe trazer.

Dois outros momentos em que o exercício de baixa intensidade é preferível é quando você tem alguma lesão ou se seu corpo não pode lidar com o impacto do exercício de alta intensidade naquele certo dia.

A moral da história? Se você pode fazer exercícios de alta intensidade, faça-os. Tenha isso como uma prioridade. Estudos após estudos mostram que eles são mais benéficos para perder gordura. Se você já estourou o número de dias que você pode fazer exercícios de alta intensidade, mas ainda quer queimar umas calorias extras, encaixe algumas sessões de exercícios de baixa intensidade na sua rotina.

Mitos Sobre Exercícios

 Alguns mitos sobre exercícios sempre estarão lhe rondando. Aqui estão 7 mitos que você precisa ter certeza de que não está acreditando e cometendo erros no seu treino, pois o seu sucesso depende disso. 

1.Você precisa fazer abdominais para obter uma barriga chapada 

Este mito obriga muitas pessoas a passarem muito mais tempo na academia do que o necessário. Muitas vezes metade do tempo da rotina de exercícios é dedicado à formação do abdómen. Não me interpretem mal,um abdómen forte é extremamente importante. No entanto, você pode obter um ótimo treino abdominal praticando musculação com peso em pesado ou agachamentos. Além disso, uma boa dieta é necessária para cultivar os músculos abdominais. Você nunca será capaz de vê-los com uma camada de gordura cobrindo-os por cima.

Continue reading Mitos Sobre Exercícios

Opções de treinos aeróbicos para fazer ao ar livre

 girl-running

Com o verão à tona a última coisa que você quer fazer é ir para a academia, não é? O problema é que com essas festas de fim de ano todos nós exageramos um pouquinho e pular alguns dias de treino faz diferença sim. Mas não se preocupe, que tal unir o útil ao agradável e manter a forma enquanto você aproveita um dia maravilhoso e ensolarado? Olha só algumas dicas de treinos aeróbicos ao ar livre que você pode fazer:

Corrida na praia

Escolha a parte firme da areia mais próxima da água para correr e use um tênis apropriado para evitar lesões. Não se esqueça do filtro solar, boné e roupas com tecido bem leves que possibilitam a perspiração. Os melhores horários para correr na praia são logo cedo pela manhã ou perto do pôr-do-sol, quando a temperatura já não está mais tão elevada. Mantenha-se hidratada antes e depois da corrida também.

Natação

Se você tem acesso à uma piscina, que tal queimar calorias enquanto se refresca? A natação é um dos exercícios mais completos que existe, além de ser a melhor opção para quem tem problemas nas articulações por ser um exercício de baixo impacto. Mas não se deixe enganar por isso: natação pode emagrecer até 500 calorias em 1 hora!

Bicicleta

Que tal queimar calorias enquanto você passeia pela cidade ou calçadão? O ciclismo melhora o funcionamento dos pulmões enquanto ajuda a endurecer e tonificar o bumbum, coxas e panturrilhas. Lembre-se de manter a postura ereta durante o exercício para evitar que fique com dor nas costas depois.

Caminhada

É fato provado que atividades leves como a caminhada, quando praticados com frequência podem trazer inúmeros benefícios à sua saúde além de aliviar stress e auxiliar na perda de peso. Se você simplesmente não tem tempo ou disponibilidade para seguir uma rotina de exercícios mais pesada, simplesmente ande! Caminhar por cerca de 30 minutos ao dia, 5 vezes por semana já é suficiente para trazer benefícios à sua saúde. Sendo assim, escolha uma boa companhia para bater papo, ou uma seleção das suas músicas favoritas, e aprecie uma bela caminhada, escolhendo um trajeto interessante para os olhos.

O importante é se mexer, esteja onde você estiver, escolha a atividade que é melhor pra você e mantenha a forma nesse verão!